sábado, setembro 19A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

MT recebe 3 mil comprimidos de cloroquina para tratamento de casos graves da COVID-19

Please enter banners and links.

Carlos Celestino e Fernanda Nazário | Secom/Ses-MT –

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa – Foto por: Tchélo Figueiredo – SECOM/MT

O Estado de Mato Grosso recebeu do Ministério da Saúde cerca de 3 mil comprimidos do medicamento cloroquina para serem usados como terapia auxiliar no tratamento de casos graves de coronavírus, mais especificamente em pacientes hospitalizados.

A confirmação da chegada dos remédios foi anunciada pelo secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo. “Apesar de não ter nenhum estudo científico concluído sobre a eficácia do medicamento no enfrentamento ao coronavírus, o Ministério autorizou a utilização do remédio como terapia adjuvante no tratamento de casos graves da doença, em pacientes hospitalizados, devido às experiências promissoras realizadas em outros países”.

O secretário ainda alerta sobre o perigo da automedicação, já que o uso do remédio sem prescrição médica coloca qualquer pessoa em risco eminente, podendo gerar sérias complicações no organismo, como retinopatia e distúrbios cardiovasculares.

“Reforço que esse remédio não pode ser usado ao apresentar algum tipo de sintoma semelhante ao coronavírus e nem como prevenção à COVID-19. A prevenção é aquela básica que todos já sabem: lavar as mãos com água e sabão, usar máscara e ficar em isolamento social, se possível”, lembra Gilberto.

As equipes da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) trabalham para realizar, nesta semana, a distribuição do medicamento aos hospitais de referência que estão habilitados para atuar no tratamento dos pacientes com coronavírus.

O uso do medicamento foi liberado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o tratamento da COVID-19 em pacientes com quadro clínico agravante, seguindo as instruções do Ministério publicadas na Nota Informativa nº 5/2020-DAF/SCTIE/MS.

Dados da COVID-19 em Mato Grosso

O último boletim divulgado no final da tarde desta quinta-feira (02.04), pela SES, mostrou que Mato Grosso tem 41 casos confirmados da doença. Deste total, 14 estão hospitalizados e outros 27 pacientes estão em isolamento social em tratamento domiciliar.

Ainda de acordo com o boletim, o maior número de casos confirmados está na capital Cuiabá, com 25, seguido de 5 em Rondonópolis, 4 em Várzea Grande, 3 em Sinop, 2 em Tangará da Serra, 1 em Nova Monte Verde e 1 em Lucas do Rio Verde.

No final da tarde desta sexta-feira (03.04), será divulgada mais uma Nota Informativa com os números atualizados do novo coronavírus. O documento estará disponível no site da SES, que pode ser acessado pelo link: http://www.saude.mt.gov.br/informe/584 .

Além disso, o detalhamento de casos por municípios de Mato Grosso será apesentado por meio da coletiva de imprensa virtual com o secretário estadual de Saúde, transmitida pelo Instagram e Facebook do Governo do Estado, às segundas, quartas e sextas-feiras.

Em perspectiva nacional, os dados da Plataforma Integrada de Vigilância do Ministério da Saúde, atualizados na quinta-feira (02.04), confirmou 7.910 casos da Covid-19. Além disso, o país já registra 299 óbitos, até o momento.

Recomendações e cuidados básicos

·    Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
·    Realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com
pessoas doentes ou com o meio ambiente;
·    Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
·    Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
·    Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
·    Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
·    Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
·    Manter os ambientes bem ventilados;
·    Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *