sexta-feira, maio 7A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

MUNDO

Rússia produz primeiro lote de vacina contra covid-19 para animais

Rússia produz primeiro lote de vacina contra covid-19 para animais

COVID-19, MUNDO
Carnivac-Cov gera anticorpos em cães, gatos, raposas e visons - RTP - Moscou -  A Rússia produziu 17 mil doses de uma vacina contra a covid-19 para ser utilizada em animais, anunciou hoje (30) o regulador agrícola do país. A Carnivac-Cov foi registrada em março, depois de vários testes terem revelado que ela gera anticorpos contra o vírus em cães, gatos, raposas e visons. De acordo com a agência Reuters, o primeiro lote vai ser fornecido em várias regiões do país, mas as autoridades russas dizem que vários países já demonstraram interesse em ter acesso ao imunizante.  Apesar de ainda terem que ser realizados mais estudos, a Organização Mundial da Saúde (OMS) já manifestou a preocupação com o risco de transmissão do vírus de humanos para os animais. O regulad
Papa acaba com privilégios judiciais para cardeais e bispos

Papa acaba com privilégios judiciais para cardeais e bispos

MUNDO
Documento muda competência dos órgãos jurídicos do Estado do Vaticano - RTP - Cidade do Vaticano - O papa Francisco emitiu hoje um "motu proprio" (documento pontifício) em que submete bispos e cardeais à Justiça ordinária do Vaticano em eventuais julgamentos, que até agora eram da competência do Tribunal Supremo. O texto modifica a competência dos órgãos jurídicos do Estado do Vaticano, com o objetivo de "igualdade" no momento de se "fazer justiça", tal como o papa tinha anunciado na abertura do Ano Judicial. "A exigência prioritária é a de que, por meio de mudanças normativas oportunas do sistema processual vigente, emerja a igualdade de todos os membros da Igreja e a sua igual dignidade e posição, sem privilégios que remontam no tempo e que já não estão consoantes com as re
OMS: mortes e internações por covid-19 estão diminuindo no Brasil

OMS: mortes e internações por covid-19 estão diminuindo no Brasil

BRASIL, COVID-19, MUNDO
Segundo a organização, casos caíram por quatro semanas consecutivas - Reuters - As internações e mortes por covid-19 começaram a diminuir após quatro semanas de infecções desaceleradas no Brasil, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira (30). "Os casos agora diminuíram por quatro semanas consecutivas, e as internações e mortes também estão diminuindo. Isso é uma notícia boa e esperamos que essa tendência continue", disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em entrevista coletiva. Mesmo assim, ele descreveu uma situação grave no país, que nesta semana se tornou o segundo a ultrapassar a marca de 400 mil mortes por covid-19, depois dos Estados Unidos. "Desde o início de novembro, o Brasil vive uma crise aguda, com o aumento dos casos da
OMS recomenda suspensão da venda de mamíferos vivos em mercados

OMS recomenda suspensão da venda de mamíferos vivos em mercados

MUNDO, SAÚDE E BEM ESTAR
Abate em mercados aumenta risco de transmissão de patógenos - Reuters - Genebra - A Organização Mundial de Saúde (OMS), assim como outras agências internacionais, recomendaram a suspensão, com urgência, da venda de mamíferos vivos em mercados. Segundo a OMS, a medida é necessária, já que mais de 70% dos vírus e patógenos que provocam doenças infecciosas em humanos, provêm de espécies selvagens. As orientações atentam para o fato de os animais serem abatidos e limpos em áreas abertas dos mercados, que podem ser contaminadas por fluidos corporais e outros rejeitos. Isso eleva o risco de transmissão de patógenos para as pessoas e também para outros animais no local. “Nós expedimos centenas de orientações desde o início da covid-19, então esta é mais uma. É também importante sa
Michelle Bachelet destaca impacto da pandemia na América Latina

Michelle Bachelet destaca impacto da pandemia na América Latina

MUNDO
Em 2020, 18% das mortes causadas pela covid-19 ocorreram na região - Agência Brasil - A alta comissária das Nações Unidas (ONU) para Direitos Humanos, Michelle Bachelet, destacou hoje (15) o forte impacto da pandemia de covid-19 na América Latina e no Caribe. Ela disse que, em 2020, a região contava apenas com apenas 8,4% da população mundial, mas que, em dezembro do ano passado, 18,6% das mortes causadas pela covid-19 ocorreram nesses lugares. Tanto a pobreza quanto a pobreza extrema aumentaram na América Latina e no Caribe. Em 2019, a pobreza atingia 30,5% da população. Em 2020, chegou a 33,7% o que representa 22 milhões a mais de pessoas. A pobreza extrema afeta a mais 8 milhões de pessoas, passando de 11,3% em 2019 a 12,5% em 2020”, disse Michelle, durante a conferência virt
Biden: Bolsonaro promete fim do desmatamento ilegal

Biden: Bolsonaro promete fim do desmatamento ilegal

BRASIL, MUNDO
Documento enviado ontem foi divulgado, na íntegra, nesta quinta-feira - Agência Brasil - O presidente Jair Bolsonaro se comprometeu a acabar com o desmatamento ilegal até 2030. Em carta enviada ontem (14) ao presidente dos Estados Unidos Joe Biden, Bolsonaro reconheceu o aumento das taxas de desmatamento a partir de 2012 e afirmou que o Estado e a sociedade precisam aperfeiçoar o combate a este crime ambiental. “Queremos reafirmar neste ato, em inequívoco apoio aos esforços empreendidos por V. Excelência, o nosso compromisso em eliminar o desmatamento ilegal no Brasil até 2030”, escreveu Bolsonaro. Para alcançar essa meta de desmatamento zero, Bolsonaro diz que o país precisará de “recursos vultuosos e políticas públicas abrangentes”. Segundo ele, nesse âmbito, o Brasil quer
China quer trabalhar com o Brasil para promover parceria estratégica

China quer trabalhar com o Brasil para promover parceria estratégica

MUNDO
Conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi. Declaração é do chanceler chinês Wang Yi - Agência Xinhua - BEIJING - O conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, disse neste sábado (10) que a China quer trabalhar com o Brasil para promover sua parceria estratégica abrangente a fim de continuar fazendo novo progresso. Wang fez o comentário em uma conversa por telefone com Carlos Alberto Franco França, ministro das Relações Exteriores do Brasil. Ao parabenizar França por sua nomeação como ministro das Relações Exteriores, Wang disse que como grandes países em desenvolvimento, representantes das economias emergentes e parceiros no Brics, a China e o Brasil são forças importantes impulsionando a multipolarização do
Banco Mundial destina U$ 2 bi para vacinas a países em desenvolvimento

Banco Mundial destina U$ 2 bi para vacinas a países em desenvolvimento

COVID-19, MUNDO, SAÚDE E BEM ESTAR
Trabalho envolve 40 países - Reuter - O Banco Mundial vai destinar 2 bilhões de dólares em financiamento para a compra, o desenvolvimento e a fabricação de vacinas até o final de abril e está trabalhando com mais de 40 países neste esforço, disse o diretor gerente de operações do Banco Mundial, Axel van Trotsenburg. No mesmo fórum do Banco Mundial, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, pediu vontade política para intensificar a produção de vacinas contra Covid-19 e compartilhar suprimentos. Ele disse que a incapacidade de se aprovar uma proposta de dispensa de propriedade intelectual sob as regras da Organização Mundial do Comércio é "o elefante na sala".
COP26: Qual é a mensagem?

COP26: Qual é a mensagem?

AGRONEGÓCIO, MUNDO
Em abril acontece a Cúpula Virtual do Clima, dias 22 e 23, organizado pelo presidente dos EUA, Joe Biden - O presidente brasileiro foi convidado. O objetivo é discutir uma ação climática mais firme, seus benefícios econômicos e, também, preparar as bases para a Conferência das Nações Unidas para Mudanças Climáticas (COP26), que ocorrerá em novembro, em Glasgow, Escócia. Que mensagens o Brasil pode levar para essa cúpula do clima? Deixo aqui minhas visões, mas o principal é estimular o debate e levar cada leitor a fazer sua reflexão.  Penso que o Brasil poderia começar por definir uma atitude estratégica, a de trabalhar para recuperar a liderança ambiental que conquistou com a ECO-92 e depois deixou escorregar pelas mãos. Deixar de ser alvo e retomar o protagonismo que havia
DIA MUNDIAL DA SAÚDE: Opas defende mundo justo, equitativo e saudável

DIA MUNDIAL DA SAÚDE: Opas defende mundo justo, equitativo e saudável

MUNDO, SAÚDE E BEM ESTAR
Pandemia evidenciou desigualdades no acesso a serviços de saúde - Agência Brasil - A Organização Pan-americana de Saúde (Opas) divulgou mensagem defendendo um mundo mais justo, equitativo e saudável. No Dia Mundial da Saúde, lembrado hoje (7), a entidade destaca que a pandemia de covid-19 evidenciou discrepâncias no acesso a serviços de saúde em razão de desigualdades que atravessam uma série de situações sociais, como renda, gênero, raça e origem. Segundo a Opas, muitas pessoas lutam não só para sobreviver à pandemia como também para ter o que comer e atender as suas necessidades básicas e a direitos diversos, como educação e moradia segura. Na mensagem, a organização ressalta que essa realidade pode ser mudada pelas escolhas políticas dos governos e autorid