sábado, junho 22A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

JUSTIÇA E SEGURANÇA

PF, Europol e @ON desmantelam organização de tráfico internacional de cocaína

PF, Europol e @ON desmantelam organização de tráfico internacional de cocaína

JUSTIÇA E SEGURANÇA
A rede criminosa, liderada por indivíduos baseados temporariamente em Dubai e Turquia, movimentava toneladas de cocaína e contava com integrantes dos Bálcãs Ocidentais - Agência Gov | via PF - PF PF participou de ação que reuniu outros oito países Em ação coordenada entre autoridades policiais de Brasil, Espanha, Bélgica, Croácia, Alemanha, Itália, Sérvia, Emirados Árabes Unidos e Turquia, sob a coordenação da EUROPOL e apoio da Rede @ON, foi desmantelada uma importante rede criminosa envolvida no tráfico de grandes quantidades de cocaína da América do Sul (Colômbia, Brasil e Equador) para a União Europeia. A operação final, deflagrada nesta quarta-feira (12/6), é o resultado de uma série de ações realizadas ao longo de três anos. A rede criminosa, liderada por indivídu...
FICCO/MT desarticula facção criminosa responsável por lavagem de dinheiro em casas de shows em Cuiabá

FICCO/MT desarticula facção criminosa responsável por lavagem de dinheiro em casas de shows em Cuiabá

JUSTIÇA E SEGURANÇA
A ação conta com apoio do CIOPAER e do GAECO/MPMT - Cuiabá/MT. A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado de Mato Grosso (FICCO/MT), com o apoio do CIOPAER e do GAECO/MPMT, deflagrou nesta quarta-feira (5/6) a Operação Ragnatela. A operação tem o objetivo de desarticular o núcleo da maior facção criminosa do estado de Mato Grosso, responsável por lavagem de dinheiro em casas noturnas cuiabanas. Aproximadamente 400 policiais cumprem oito mandados de prisão preventiva e 36 de busca e apreensão nos estados de Mato Grosso e Rio de Janeiro, além do sequestro de imóveis e veículos, bloqueio de contas bancárias, afastamento de servidores de cargos públicos e suspensão de atividades comerciais. As ordens judiciais foram expedidas pelo Núcleo de Inquéritos Policiais da Comarca...
Tribunais de MT, MS e TO pagaram R$ 115 mil por mês a cada magistrado em 2023

Tribunais de MT, MS e TO pagaram R$ 115 mil por mês a cada magistrado em 2023

ESTADO, JUSTIÇA E SEGURANÇA
Estadão Conteúdo - Ao longo de 2023, o Judiciário consumiu R$ 132,8 bilhões do Tesouro - Três tribunais de justiça estaduais desembolsaram mais de R$ 115 mil por mês ao longo do ano passado com cada um de seus magistrados. Os pagamentos estouram o limite constitucional do teto salarial dos servidores, R$ 44 mil pagos aos ministros do Supremo Tribunal Federal. A performance se deu nos Tribunais de Mato Grosso do Sul (média de R$ 120,3 mil/mês pagos a cada magistrado), Mato Grosso (R$ 116,6 mil) e Tocantins (R$ 111 mil). A reportagem do Estadão pediu manifestação aos tribunais. As três Cortes estaduais —classificadas como de 'pequeno' e 'médio porte' pelo Conselho Nacional de Justiça —são os únicos tribunais estaduais que gastaram mais de R$ 100 mil por mês com cada um de seus m...
Pesquisa Atlas avalia ministros do STF

Pesquisa Atlas avalia ministros do STF

JUSTIÇA E SEGURANÇA
Além da decisão de Toffoli, o Atlas também mediu as percepções dos brasileiros sobre a atuação dos ministros do STF em diversas questões. Em uma delas, ao serem questionados se confiavam no trabalho e nos ministros da Corte, 47,7% disseram que não, enquanto 44,5% afirmaram que sim. Os que não souberam são 7,8%. Já em pergunta se há competência e imparcialidade dos ministros no julgamento dos processos, 44,7% disseram que sim, enquanto 40,8% apontam que não. Neste caso, os que não sabem são 14,6%. Os eleitores ouvidos pelo Atlas também foram questionados se odeiam os ministros da Corte, como chegaram a dizer advogados de réus do 8 de janeiro no julgamento dos primeiros réus pelos ataques. A maioria, 51,7%, diz que não odeia, mas possui posição negativa sobre alguns deles. Outros 32,3...
População rejeita decisão de Toffoli que anulou provas do caso Odebrecht, aponta pesquisa Atlas

População rejeita decisão de Toffoli que anulou provas do caso Odebrecht, aponta pesquisa Atlas

BRASIL, JUSTIÇA E SEGURANÇA
A maioria da população brasileira rejeita a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli que anulou um conjunto de provas colhidas pela Lava Jato no caso da Odebrecht e que beneficiou a defesa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). De acordo com o instituto Atlas, 54,1% dos brasileiros discordam da decisão, enquanto 27,6% afirmam concordar com ela. Os que disseram não saber são 18,3%. Os dados foram colhidos por meio do método de recrutamento digital aleatório, que ouviu 3.038 respondentes entre os dias 20 e 25 deste mês. A margem de erro do estudo é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. Mesmo com Lula sendo beneficiado pela decisão, 18,3% de seus eleitores no segundo turno da última eleição discordam da posi...
Judiciário e Governo de MT inauguram a primeira Central Integrada de Alternativas Penais

Judiciário e Governo de MT inauguram a primeira Central Integrada de Alternativas Penais

ESTADO, JUSTIÇA E SEGURANÇA
Notícias do Judiciário / Agência CNJ de Notícias - Foto: Alair Ribeiro O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e o Governo do Estado inauguraram nessa segunda-feira (27/5), a primeira Central Integrada de Alternativas Penais (CIAP). A unidade oferece atendimento e acompanhamento na aplicação de medidas sociais para as pessoas que cometeram crimes de baixo potencial ofensivo, sem privação do convívio social dos indivíduos que não possuem antecedentes criminais, e não são reincidentes e nunca foram condenados por sentença transitada em julgado. A solenidade de inauguração, contou com a presença da vice-presidente do TJMT, desembargadora Maria Erotides Kneip, o corregedor-geral da Justiça, desembargador Juvenal Pereira da Silva, o coordenador do Departamento de Monitorame...
Polícia Civil cumpre 17 mandados em investigação sobre falsificação e venda de atestados médicos

Polícia Civil cumpre 17 mandados em investigação sobre falsificação e venda de atestados médicos

JUSTIÇA E SEGURANÇA
Investigações da Deccor apuraram crimes cometidos por agentes públicos de unidades da Secretaria de Saúde do município - Assessoria | Polícia Civil-MT - A Polícia Civil de Mato Grosso deflagrou, nesta terça-feira (28.05), a Operação Carimbo Fake para cumprir 17 ordens judiciais em Cuiabá e Várzea Grande contra agentes públicos e particulares em uma investigação sobre falsificação e comércio de atestados médicos falsos. As investigações da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor) apuraram que agentes públicos de unidades de Pronto Atendimento da Secretaria de Saúde do Município de Várzea Grande realizaram a vendas de atestados médicos falsos. O resultado da investigação foi apresentada à 4ª Vara Criminal de Várzea Grande, que, após manifestação favorável...
Operação Carona Final cumpre 41 ordens judiciais contra associação criminosa envolvida em tráfico entre MT e MS 

Operação Carona Final cumpre 41 ordens judiciais contra associação criminosa envolvida em tráfico entre MT e MS 

JUSTIÇA E SEGURANÇA
Investigação iniciou em junho do ano passado e identificou criminosos envolvidos no transporte e distribuição de drogas para Cuiabá e Rondonópolis - Assessoria | Polícia Civil-MT - A | A A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis deflagrou nesta terça-feira (28.05), a Operação Carona Final com o cumprimento de 41 mandados judiciais contra uma associação criminosa investigada por tráfico de drogas interestadual entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.   Estão em cumprimento 13 mandados de prisão preventiva, 12 de busca e apreensão e 16 bloqueios judiciais de contas bancárias ligadas aos alvos. As ordens judiciais são executadas nas cidades mato-grossenses de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Poxoréu, Pontes e Lacerda e Tapurah; e em Coxim,...
Polícia apura fraudes em licitações na Secretaria de Saúde de Cuiabá

Polícia apura fraudes em licitações na Secretaria de Saúde de Cuiabá

CUIABÁ, JUSTIÇA E SEGURANÇA
Investigação envolve compra de licença de software e locação de carros - Agência Brasil - A Polícia Federal deflagrou a Operação Miasma para investigar supostas fraudes em licitação e peculato [subtração ou desvio de dinheiro público ou de coisa móvel] no âmbito da prefeitura de Cuiabá, em Mato Grosso. As suspeitas são de que os crimes foram cometidos entre 2021 e 2023, causando prejuízos à Secretaria Municipal de Saúde. Hoje, estão sendo cumpridos 32 mandados de busca e apreensão em cidades de Mato Grosso, Amazonas, Tocantins e no Distrito Federal, por determinação da 7ª Vara Federal da Seção Judiciária de Mato Grosso. As medidas judiciais referem-se a duas investigações da PF em curso por crimes cometidos. “As apurações apontam indícios de montagem no processo de adesão à ...
Governo gaúcho tem dez dias para explicar mudança em código ambiental

Governo gaúcho tem dez dias para explicar mudança em código ambiental

CLIMA/MEIO AMBIENTE, JUSTIÇA E SEGURANÇA
Fachin determina rito sumário para julgamento de ação no Supremo - Agência Brasil - O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), abriu prazo de dez dias para que o governo do Rio Grande do Sul e a Assembleia Legislativa gaúcha esclareçam as mudanças realizadas no Código Estadual do Meio Ambiente, em que foram flexibilizadas regras ambientais. Fachin também enviou a ação direta de inconstitucionalidade (ADI) sobre o assunto para julgamento de mérito no plenário do Supremo, adotando assim rito sumário para avaliação. A Advocacia-Geral da União (AGU) e a Procuradoria-Geral da República (PGR) terão cinco dias para se manifestar, após os esclarecimento das autoridades gaúchas.  A ação foi aberta pelo Partido Verde (PV), segundo o qual, as alterações, que foram ...
WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação