sexta-feira, maio 7A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

ECONOMIA

Mato Grosso registra saldo positivo de 29 mil empregos formais em 2021

Mato Grosso registra saldo positivo de 29 mil empregos formais em 2021

ECONOMIA, ESTADO
-Foto por: Secom-MT / Christiano Antonucci Dados do Caged, do Governo Federal, mostram ainda que no acumulado dos últimos 12 meses há saldo de 38,3 mil postos de trabalho - Thielli Bairros | Sedec-MT - Mato Grosso teve saldo positivo de mais de 29 mil postos de trabalho formais no acumulado de 2021, segundo os dados divulgados pelo Governo Federal por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Em março, o saldo positivo é de 4,2 mil postos e, nos últimos meses, é de 38,3 mil empregos. “Tivemos saldos positivos em todos os cenários avaliados pelo Caged e isso mostra que, mesmo com todas as dificuldades que o mundo vem passando com a crise da Covid-19, Mato Grosso continua mostrando a pujança de sua economia, um crescimento forte e constante. Está sempre gera
IBGE estima que desempregados no Brasil sejam 14,4 milhões

IBGE estima que desempregados no Brasil sejam 14,4 milhões

BRASIL, ECONOMIA
É o que revela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua - Agência Brasil - O número de desempregados no Brasil foi estimado em 14,4 milhões no trimestre encerrado em fevereiro, o maior contingente desde 2012, início da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgada hoje (30), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado representa alta de 2,9%, ou de mais 400 mil pessoas desocupadas em relação ao trimestre anterior, de setembro a novembro de 2020, quando a desocupação foi calculada em 14 milhões de pessoas. Mesmo assim, segundo o IBGE, a taxa de desocupação ficou estável em 14,4% em relação ao trimestre anterior (14,1%), mas apresentou alta de 2,7 pontos percentuais na compa
Governo lança Refis com desconto de até 95% nos juros e multas

Governo lança Refis com desconto de até 95% nos juros e multas

ECONOMIA, ESTADO
O Governo de Mato Grosso adotou mais uma medida de auxílio aos empresários mato-grossenses que foram atingidos pela pandemia da Covid-19 Além da remissão, os débitos de ICMS vencidos até dezembro de 2020 também podem ser parcelados em até 60 vezes Lorrana Carvalho | Sefaz-MT - O Governo de Mato Grosso adotou mais uma medida de auxílio aos empresários mato-grossenses que foram atingidos pela pandemia da Covid-19 e instituiu o Programa Extraordinário de Recuperação de Créditos Tributários do Estado de Mato Grosso (Refis). Esse novo Refis é direcionado às empresas, ncluindo as micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional, que possuem débitos do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) vencidos até o dia 31 de dezembro de 2020. As adesões a esse Refis de
Mato Grosso é quinto estado no ranking nacional de exportações

Mato Grosso é quinto estado no ranking nacional de exportações

ECONOMIA, ESTADO
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec), César Miranda - Foto por: Larissa Dias Programa de qualificação para exportações deve incentivar mais empresas mato-grossenses a comercializar com o exterior Thielli Bairros | Sedec-MT - Mato Grosso ocupa o 5º lugar no ranking nacional de exportação e é líder nas exportações do agronegócio do Brasil. Em 2020, o estado registrou um acúmulo de US$ 18,2 bilhões em exportações, ou seja, 5,9% superior a 2019, segundo dados do Observatório do Desenvolvimento da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec), que foram apresentados em live de lançamento do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX) nesta quarta-feira (28.04). “Desde o início da gestão do governador Mauro Mendes,
Mercado financeiro prevê inflação em 4,92% neste ano

Mercado financeiro prevê inflação em 4,92% neste ano

ECONOMIA
Estimativa para crescimento da economia foi ajustada para 3,04% - Agência Brasil - A previsão do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), neste ano, subiu de 4,85% para 4,92%. Esse foi o segundo aumento consecutivo na estimativa que consta do boletim Focus, pesquisa divulgada semanalmente pelo Banco Central (BC), com a projeção para os principais indicadores econômicos. Para 2022, a estimativa de inflação subiu de 3,53% para 3,60%. Tanto para 2023 como para 2024 a previsão é 3,25%, mantida há várias semanas. A projeção para 2021 está acima do centro da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC, mas permanece dentro do limite de tolerância. A meta, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é de 3,75% para este ano, com intervalo d
Atividade econômica cresce 1,7% em fevereiro, diz BC

Atividade econômica cresce 1,7% em fevereiro, diz BC

BRASIL, ECONOMIA
BC registrou o décimo mês seguido de expansão da economia - Agência Brasil - A atividade econômica registrou crescimento, em fevereiro, pelo décimo mês consecutivo. É o que mostra o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), divulgado hoje (19) pelo Banco Central (BC). Em fevereiro, o índice apresentou alta de 1,7% na comparação com janeiro, segundo dados dessazonalizados (ajustados para o período). Em relação a fevereiro de 2020, a expansão ficou em 0,98% (sem ajustes). No primeiro bimestre comparado ao mesmo período de 2019, foi registrado crescimento de 0,23%. Em 12 meses terminados em fevereiro de 2021, houve retração de 4,02%. O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o BC a tomar suas decisões sobre a taxa bási
Municípios recebem R$ 986 milhões de FPM na próxima terça-feira

Municípios recebem R$ 986 milhões de FPM na próxima terça-feira

ECONOMIA, MUNICÍPIOS
Agência CNM de Notícias - A cota-parte dos Municípios nos Impostos de Renda e sobre Produtos Industrializados (IR e IPI), no período de 1º a 10 de abril, será de R$ 986.763.568,55. Os recursos do segundo decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) serão transferidos na próxima terça-feira, 20. O montante será 11,49% maior que o recebido no mesmo mês de 2020, mas, com a inflação do período, o crescimento ficará em torno de 4,75%. Segundo levantamento divulgado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), quando se considera a obrigatoriedade de destinar 20% ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o valor enviado aos governos municipais será de R$ 789.410.854,84. Os cálculos feitos pela CNM cons
Taxa de empréstimo pessoal tem pequena alta em abril, aponta Procon-SP

Taxa de empréstimo pessoal tem pequena alta em abril, aponta Procon-SP

ECONOMIA
A taxa média de empréstimo pessoal foi de 6,1% ao mês - Agência Brasil - A taxa média de empréstimo pessoal apresentou uma leve alta no mês de abril, apurou a Fundação Procon-SP. A taxa média de empréstimo pessoal encontrada em abril foi de 6,1% ao mês, aumento de 0,02 ponto percentual em relação ao mês anterior, quando a taxa estava em 6,08%. Nesse período, apenas dois bancos aumentaram suas taxas de empréstimo pessoal, o Bradesco, que passou de uma taxa de 7,16% para 7,22% ao mês; e o Itaú, que alterou sua taxa de 5,91% para 5,97%. As demais instituições financeiras, segundo o Procon, mantiveram suas taxas. A menor taxa de empréstimo pessoal encontrada na pesquisa foi a da Caixa Econômica Federal, fixada em 3,89% ao mês. Já a taxa média do cheque especial para pessoa física
Confiança do empresário cai pelo quarto mês seguido, diz CNI

Confiança do empresário cai pelo quarto mês seguido, diz CNI

ECONOMIA
Índice ficou em 53,7 pontos em abril, em uma escala de 0 a 100 - Agência Brasil - Pelo quarto mês consecutivo, a confiança do empresariado industrial brasileiro apresenta queda, segundo o Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei). De acordo com o levantamento divulgado hoje (14) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), foi registrada uma queda de 0,7 ponto no índice relativo a abril de 2021, na comparação com março. Segundo a CNI, o Icei de abril ficou em 53,7 pontos. Em março, o índice estava em 54,4 pontos. Em abril de 2020, quando o índice refletia de forma mais intensa os efeitos da pandemia na indústria, o ICEI estava em 34,5 pontos. Apesar de ser o quarto mês seguido de queda na confiança empresarial, o índice se mantém acima dos 50 pontos – em uma escal
Vendas nos supermercados têm alta de 5,18% em fevereiro

Vendas nos supermercados têm alta de 5,18% em fevereiro

ECONOMIA
Setor estima um crescimento de 4,5% este ano - Agência Brasil - As vendas em supermercados registraram alta de 5,18% em fevereiro em comparação com o mesmo mês de 2020, segundo o balanço divulgado hoje (14) pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Em janeiro, o crescimento havia sido de 12% em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo o vice-presidente Administrativo da Abras, Marcio Milan, o resultado menos favorável em fevereiro do que no primeiro mês do ano foi influenciado por fatores como as próprias características do mês, que tem menos dias, e também a renda das famílias na pandemia da covid-19. “Esse mês de fevereiro foi mais difícil para todos em função do fim do auxílio emergencial”, disse. O cancelamento do Carnaval foi outro elemento que, de acordo