quinta-feira, janeiro 28A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Cuiabá irá Monitor bairros com maior incidência do Covid-19

Please enter banners and links.

Objetivo é alertar a população sobre o aumento da transmissão comunitária nessa fase de mitigação –

Assessoria –

Os Boletins Epidemiológicos divulgados pela Prefeitura de Cuiabá sobre o novo Coronavírus receberão a inclusão do Mapa Covid-19. O monitoramento foi elaborado pelo Departamento de Geografia da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde para mostrar os bairros com maior incidência de casos confirmados e suspeitos na Capital.

De acordo a gerente de Agravos e Doenças Transmissíveis da Vigilância Epidemiologia do Município, Flávia Guimarães a utilização do mapeamento tem como objetivo alertar a população sobre o aumento da transmissão comunitária, principalmente nessa fase de mitigação.

“Na próxima semana os gestores do Município e da UFMT farão a assinatura de um termo de Cooperação Técnica e, a partir daí, passaremos a usar as informações contidas no Mapa Covid-19 nos boletins epidemiológicos, especialmente para alertarmos a população de que Cuiabá já possui a transmissão comunitária e que os picos de transmissão estão maiores. Esperamos que assim a população se conscientize ainda mais de que qualquer pessoa pode ser contaminada pelo novo coronavírus e, com isso, contribua  com o poder público especialmente nessa fase de mitigação, onde os esforços estão alinhados para reduzir a curva de doentes”, explicou Guimarães.

MAPA

Os primeiros estudos divulgados pelo Mapa Covid -19 na última quarta-feira (08) dão conta de que Cuiabá já possui 26 bairros com casos confirmados da doença. No topo do ranking estão o Morada da Serra, com quatro casos e o Florais e Jardim Itália, com três casos em cada.

Solar da Chapada, Jardim Vitória, Paiaguás, Morada do Ouro, Bela Vista, Bosque da Saúde, Santa Rosa, Duque de Caxias, Quilombo, Bandeirantes, Centro Sul, Dom Aquino, Lixeira, Jardim Leblon, Pedregal, Boa Esperança, Santa Cruz, Jardim Imperial, Jardim Universitário, Altos do Coxipó, Jardim das Palmeiras, Jardim Gramado, Parque Atalaia também aparecem no estudo com média de dois casos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *