sexta-feira, dezembro 4A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Cuiabá conclui entrega de kits da alimentação escolar para alunos atendidos pelo Bolsa Família

Please enter banners and links.

Assessoria –

A  Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação,  concluiu a entrega dos kits da alimentação escolar. Cuiabá foi o primeiro município em Mato Grosso a distribuir os kits para 18 mil alunos matriculados em unidades educacionais da rede pública municipal de Educação. A iniciativa determinada pelo prefeito Emanuel Pinheiro e apoiada pela primeira dama, Márcia Pinheiro, foi acompanhada pelo Ministério Público Estadual, atendeu alunos beneficiários o programa Bolsa Família, do governo federal, que estavam em dia com o CAD Único.

Uma grande logística foi organizada para a montagem e entrega dos kits da alimentação escolar nas unidades da rede pública municipal. A ação contou com o trabalho voluntário de servidores, diretores, coordenadores e secretários escolares. A suspensão das aulas foi determinada por meio de decreto do Executivo que, preventivamente, suspendeu as atividades escolares no período de 23 de março ao dia 5 dea abril, no intento de evitar à disseminação do Coronavírus.

Ao receber os kits, as equipes gestoras das unidades educacionais entravam em contato com pais para que fossem buscar nas creches, Centros Educacionais Infantil Cuiabano (CEICs), Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB) e Escolas Municipais de Educação Básica do Campo (EMEBCs).

Tanto na montagem e carregamento dos kits, como na entrega nas unidades e nestas para os pais, foram obedecidas todas as orientações do Ministério da Saúde e órgãos correlatos no município. Máscaras, luvas e álcool em gel, foram distribuídos a todos que participaram da ação.

Os kits foram montados com alimentos que fazem parte do cardápio da alimentação escolar e atendem as exigências nutricionais definidas pela Coordenadoria de Alimentação Escolar com base nas determinações do Ministério da Educação, em quantidade suficiente para 15 dias.

Balanço Positivo

Na quarta-feira (2) o secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos fez um balanço da ação e falou sobre as iniciativas adotadas pelo Município na Educação, como as atividades pedagógicas por meio da EAD, utilizando plataformas como o whatsapp e mensagens via sms.

“O prefeito Emanuel Pinheiro relutou em adotar medidas que sabemos trariam impacto aos alunos e suas famílias. Entretanto foi necessário. A distribuição dos kits da alimentação escolar amenizou essa situação para um grupo de crianças extremamente vulneráveis. E a ação da Prefeitura de Cuiabá se espalhou como um case positivo, inspirando outros municípios no Estado e no Brasil”.

Para os pais e alunos, a ajuda veio no momento certo. O aluno haitiano A. M., do 4º Ano matutino da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Profª. Maria Ambrósio Pommot, no Jardim Imperial, recebeu o kit em casa. “A família é bastante carente, mora numa quitinete e os pais ficaram muito emocionados. Isso revigorou as minhas forças, pelo carinho e sorrisos com que fomos recebidos por essa família”, disse a diretora Zoraide Santos Queiroz Xavier.

Calendário Escolar

Em relação ao calendário escolar o secretário de Educação lembrou que a rede segue com as atividades presenciais nas unidades educacionais suspensas, até o próximo dia 5 de abril, conforme decreto do Prefeito Emanuel Pinheiro. “A equipe da Prefeitura de Cuiabá está acompanhando de perto toda essa situação para que as medidas sejam tomadas”, disse Alex Vieira Passos ao se referir ao decreto federal que flexibilizou os 200 dias letivos, porém obrigando as 800 horas aula.

“Aguardamos a definição do prefeito Emanuel Pinheiro, que encomendou estudos técnicos às Secretarias de Saúde e Educação. Desde o inicio de vigência do isolamento social, no dia 23, a Secretaria de Educação já vem trabalhando com os alunos atividades on line, com supervisão dos professores e coordenadores, nos períodos da manhã e da tarde. Agora estudamos outras metodologias possíveis de serem implementadas caso haja a prorrogação das datas, para que possamos ter o menor impacto possível para os alunos”, disse ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *