quinta-feira, maio 23A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Preços do algodão caem para patamares de novembro de 2023

Please enter banners and links.

Cenário internacional impacta vendedores brasileiros, diz Cepea –
Preços do algodão caem para patamares de novembro de 2023

Os preços do algodão em pluma têm experimentado uma queda significativa, chegando aos níveis registrados no final de novembro de 2023. Pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) indicam que a tendência de baixa está sendo influenciada pela desvalorização dos valores internacionais, levando parte dos vendedores brasileiros a flexibilizarem suas ofertas no mercado doméstico. Esse movimento é particularmente visível entre aqueles que buscam liquidar estoques da safra 2022/23.

Apesar dessa flexibilidade por parte dos vendedores, algumas indústrias estão pressionando por preços ainda mais baixos. Além disso, há empresas que enfrentam dificuldades para aprovar a qualidade dos lotes disponíveis e, por isso, não chegam a apresentar propostas de compra. Como resultado, muitos agentes do mercado estão se voltando para o cumprimento de contratos a termo, tanto no mercado interno quanto no externo, evitando negociações em um ambiente incerto.

A situação tem levado comerciantes a buscarem alternativas para manter a demanda atendida. Alguns estão realizando compras para honrar programações pré-estabelecidas, enquanto outros estão tentando negociar acordos “casados”, onde a venda ou compra de uma mercadoria é condicionada a outras transações.

O cenário atual destaca as incertezas enfrentadas pelo setor de algodão e o impacto do mercado internacional nos preços nacionais. A necessidade de maior flexibilidade e adaptação é um sinal de um período de volatilidade para produtores, indústrias e comerciantes, todos tentando equilibrar suas operações em um contexto de incerteza nos preços do algodão.

Fonte: Portal do Agronegócio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação
%d blogueiros gostam disto: