sexta-feira, abril 12A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Usina de energia solar promoverá sustentabilidade e economia à Prefeitura de Cuiabá

Please enter banners and links.

A estrutura será responsável por gerar aproximadamente 420 mil kWh/mês de energia –

BRUNO VICENTE –

Foto: Luiz Alves

O vice-prefeito e secretário de Obras Públicas de Cuiabá, José Roberto Stopa, destacou que o Parque Tecnológico de Geração de Energia Sustentável deve proporcionar uma economia à Prefeitura de Cuiabá de mais de R$ 6 milhões por ano. Segundo o gestor, o valor reduzido nos custos com energia elétrica poderá ser investido em obras e ações de melhorias em outras áreas da cidade.

Nesta quinta-feira (5), Stopa vistoriou o andamento da obra, junto com o presidente da Associação dos Camelôs do Shopping Popular, Misael Galvão. A construção da usina de energia solar é feita por meio de uma parceria entre o Município e o Shopping Popular, regulamentada pela Lei nº 6.900, aprovada pela Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito Emanuel Pinheiro em janeiro deste ano.

“É um recurso que poderá ser direcionado para outras áreas, para asfalto, iluminação e vários outros serviços que melhoram a vida do cidadão. Somado a isso, temos o fortalecimento da sustentabilidade, pois vamos trabalhar com uma energia limpa, renovável, sem degradar nossos rios. Ao contrário disso, vamos preservá-los, e garantir mais avanços para Cuiabá”, comentou o vice-prefeito.

Neste momento, está em andamento a instalação de mais de 5 mil placas solares na estrutura, que será responsável por gerar aproximadamente 420 mil kWh/mês de energia. Além do Parque Tecnológico de Geração de Energia Sustentável, o projeto também abrange a instalação de cerca de 18 quilômetros de linha de alta tensão, beneficiando diretamente os moradores da região do Distrito do Coxipó do Ouro.

A estrutura é levantada em uma área de oito hectares e recebe o investimento de aproximadamente R$ 20 milhões. A previsão é que a obra seja concluída ainda neste ano, para que, em 2024, inicie o funcionamento. O presidente da Associação dos Camelôs do Shopping Popular, Misael Galvão, explicou que a obra é uma contrapartida do centro comercial, formalizada por meio de uma permuta assinada com o Município.

“Assinamos uma permuta, por meio da qual a Prefeitura transfere uma área para o Shopping Popular e, como contrapartida, vamos entregar essa usina de energia solar e uma nova rede de alta tensão na comunidade do Coxipó do Ouro. Ou seja, a Prefeitura sai ganhando, a sociedade sai ganhando e o Shopping Popular também. Esse é o papel mais importante dessa permuta, contemplar pessoas e deixar um legado”, disse Misael.

LEI Nº 6.900

A Lei nº 6.900, sancionada pelo prefeito Emanuel Pinheiro, autoriza a transferência de uma área de mais de 11 mil m² para a Associação dos Camelôs do Shopping Popular. O espaço abriga atualmente o estacionamento do Shopping Popular e será utilizado para ampliação do empreendimento comercial.

A lei abrange também a área de mais de 10 mil m², já contemplada pela Lei 5.757/2013, totalizando mais de 21 mil m². A partir deste ato, o Município receberá como contrapartida a primeira usina de energia solar, que produzirá energia sustentável para os prédios públicos da Prefeitura de Cuiabá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação
%d blogueiros gostam disto: