terça-feira, novembro 24A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Governo do Estado vai construir mais 30 UTIs no Hospital Metropolitano

Please enter banners and links.

Decisão foi tomada após Prefeitura protocolar documento anunciando que fechará 40 leitos no HMC

Secom-MT –

Hospital Metropolitano
Hospital Metropolitano – Foto por: Maros Vergueiro/Secom-MT

O Governo do Estado vai construir mais 30 leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, unidade referência para o tratamento de pacientes com coronavírus.

O anúncio foi feito pelo governador Mauro Mendes nesta quinta-feira (28.05), após reunião com o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.  Nos próximos dias, a secretaria irá construir o planejamento para viabilizar a ampliação dos leitos.

A unidade foi ampliada há poucas semanas, em prazo recorde de 45 dias, e hoje já conta com 278 leitos exclusivos para tratar a covid-19, sendo 238 de enfermaria e 40 UTIs

De acordo com o governador Mauro Mendes, a decisão de construir mais 30 UTIs se deu após a Prefeitura de Cuiabá comunicar que irá desabilitar 40 UTIs no Hospital Municipal de Cuiabá, em junho, mesmo tendo recebido recursos do Governo Federal para manter essas UTIs até julho.

“Hoje fiquei sabendo que a Prefeitura, depois de ter habilitado, cortou 40 leitos de covid-19. Leitos que tinham recursos do Governo Federal. Ela nos mandou um documento informando a desabilitação. Então vamos abrir mais 30 leitos de UTIs no Metropolitano, com os respiradores que compramos da China, para que a população não saia prejudicada”, explicou.

Mendes destacou que o Governo do Estado, desde o início da pandemia, tem estruturado a rede pública em todas as regiões de Mato Grosso para ter capacidade de atender aos casos de coronavírus.

Atualmente, 110 UTIs estão sendo montadas ou em processo de construção no interior do Estado, tanto nos hospitais regionais quanto nas unidades municipais, em parceria com as prefeituras.

“Temos aquilo que a Organização Mundial de Saúde sempre disse que é preciso ter, que são leitos em condições para atender a população que for contaminada e precisar de um atendimento de saúde. Abrimos o Hospital Metropolitano, estamos articulando no interior, além dos nossos regionais, que já tem UTIs à disposição exclusivas para o coronavírus. Articulamos com os prefeitos de Barra do Garças, de Confresa, de Tangará, Juína, Peixoto de Azevedo e nos regionais de Cáceres e Água Boa”, contou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *