quinta-feira, outubro 29A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Casa Cuiabana: Classe cultural prestigia entrega da obra

Please enter banners and links.

Reinauguração na Casa Cuiabana – Foto por: João Felipe – Secel

Assessoria Secel –

Artistas, produtores culturais, autoridades e público da Casa Cuiabana prestigiaram a entrega da obra de revitalização do equipamento cultural, nesta segunda-feira (02.03), em uma noite marcada por um clima de satisfação e nostalgia. Entre eles, o cantor e compositor Pescuma, que se apresentou com Henrique, Claudinho e convidados.

“É uma honra estar novamente neste palco que eu já pisei tantas vezes, esse patrimônio da cultura mato-grossense, agora lindo e revitalizado. Casa Cuiabana é tradição, ponto de encontro, história. Artistas, população, todos ganham com a entrega da obra”, disse o cantor.

Nessa atmosfera de sarau, com encontro de músicos de todos os gêneros no palco do teatro de arena, e apresentações de dança pelo quintal, o governador Mauro Mendes e o secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Allan Kardec Benitez, fizeram a entrega oficial da obra e apresentaram o novo projeto de ocupação do espaço cultural.

“Este é um trabalho de resgate e valorização da cultura mato-grossense. Revitalizar a Casa Cuiabana é preservar nossa identidade, nossa história, nossas referências. E cuidar da cultura também é fazer o Estado avançar”, enfatizou o governador.

O clima de nostalgia marcou uma das integrantes da família que foi proprietária do imóvel. Pensylvânia Borralho é da terceira geração, ela conta que ouvia histórias do pai que passou muitas tardes visitando a tia naquele quintal cuiabano. “Estou emocionada por ver que o intuito da família está sendo cumprido, que é esse uso do espaço para a valorização da cultura cuiabana”.

Em 2019, o espaço recebeu um público de 7.137 pessoas, alcançadas em eventos, cursos, exposições, ensaios e visitas. Durante a cerimônia de entrega, o secretário Allan Kardec apresentou o novo projeto de ocupação do espaço. A proposta é fazer da Casa Cuiabana um equipamento destinado à criação artística e co-working.

Além de ser aproveitado para os eventos e projetos de formação cultural, haverá salas equipadas para ensaios e apresentações de teatro e de dança e estúdio de som para gravação de música, além de todas as salas que receberão ar condicionado. Outra melhoria será no teatro de arena, que receberá uma tenda para ser usada em shows abertos, cobrindo a área quando houver necessidade.

“Estou muito feliz com o resultado, a Casa Cuiabana é um espaço emblemático, presente na memória da população cuiabana, é a casa da comunidade, dos artistas. Com a entrega da obra as ações aqui serão potencializadas”, disse o secretário Allan Kardec.

Benedito Nunes

Em memória ao artista plástico Benedito Nunes, que faleceu nesta segunda-feira (02.03), mesmo dia de entrega da obra de revitalização da Casa Cuiabana, seu legado e importância para a cultura mato-grossense foram lembrados na cerimônia. E duas obras (uma pintura e uma escultura) do artista ficaram expostas no jardim da Casa Cuiabana, durante todo o evento.

“Hoje foi um dia feliz e triste para a cultura mato-grossense. Entregamos mais um patrimônio cultural revitalizado, a Casa Cuiabana, tradicional espaço público de resistência cultural, no mesmo dia em que perdemos um grande artista, Benedito Nunes, vanguarda da resistência nas artes plásticas, cuja obra é um legado de sua presença entre nós. A reinauguração da Casa Cuiabana se torna, assim, um tributo à vida e obra deste grande cuiabano”, destacou o secretário Allan Kardec.

Abalados com a notícia da morte do amigo, artistas e produtores culturais decidiram ali mesmo pela realização de um sarau em prol da família. A data ainda será definida e o evento será na Casa Cuiabana. Até o momento, 20 obras já foram doadas para um leilão.

Obra na Casa Cuiabana

Após 10 anos sem receber uma obra completa de manutenção predial, a Casa Cuiabana foi revitalizada, com melhorias realizadas na infraestrutura. Entre elas a acessibilidade, instalações elétricas, hidráulica, esquadrias, cobertura, banheiros, forro, pavimentação, piso antiderrapante, praça, substituição do madeiramento e jardim. Uma das mudanças perceptíveis é a nova pintura, em tom de amarelo na fachada, que busca trazer a cor original da edificação, construída no século 18.

Patrimônio histórico e cultural desde 1983, vale ressaltar que a obra de revitalização respeitou e preservou as características originais do prédio. A novidade é o acesso à internet, que era uma demanda antiga dos usuários do espaço cultural, e agora será disponível para o desenvolvimento dos projetos.

Mesmo com a obra, que durou em torno de quatro meses, a Casa Cuiabana ficou aberta, e manteve a programação de eventos e projetos de formação de música, teatro, dança, informática, artes plásticas e capoeira.

Programação

Para o mês de março, há três eventos programados: Feira de Mulheres Empreendedoras (07.03), evento de capoeira (14.03) e Feira do Vinil e de Antiguidades (21.03), todos aos sábados. Também está aberta para o público a exposição Irigaray – Arte – Ikuiapá, com obras inéditas do artista, até o dia 07 de março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *