sexta-feira, julho 12A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Lendas do futebol feminino exaltam escolha do Brasil para sediar Copa Feminina em 2027

Please enter banners and links.

Assessoria CBF –

Aline Pellegrino, Simone Jatobá e Regildênia Moura comemoraram decisão da FIFA

74º Congresso da FIFA decidiu a sede da Copa do Mundo FIFA Feminina de 202774º Congresso da FIFA decidiu a sede da Copa do Mundo FIFA Feminina de 2027
Créditos: FIFA

A Copa do Mundo FIFA Feminina de 2027 será realizada no Brasil, primeiro país sul-americano a receber a competição. A escolha foi anunciada no 74º Congresso da FIFA nesta sexta-feira (17), após votação dos 211 representantes das associações-membro da entidade.

Líder da campanha que teve o apoio do Governo Federal, a CBF conta com colaboradoras que têm uma carreira de renome no futebol feminino. O discurso entre elas é o mesmo: será o melhor Mundial Feminino da história.

Aline Pellegrino está nessa lista. Dona de uma extensa trajetória na Seleção Brasileira e vice-campeã olímpica e mundial em 2004 e 2007, respectivamente, a atual gerente de competições da CBF agradeceu as pessoas que se dedicam diariamente em prol da modalidade e já aproveitou a oportunidade para chamar as pessoas para acompanhar de perto o Mundial.

“Eu gostaria de parabenizar todas as mulheres que trabalham e trabalharam, as Pioneiras, as atletas da atualidade, por essa Copa do Mundo em 2027. Essa é uma vitória do futebol feminino. Quero agradecer todo o apoio da FIFA, Conmebol, CBF e Governo Federal, que acreditaram e apoiaram a nossa campanha. Tenho certeza de que a gente tem o potencial para fazer a maior Copa do Mundo Feminina da história”, ressaltou Aline.

“Quero convidar e trazer todo o povo brasileiro para estar perto, abraçando a nossa Seleção Brasileira neste momento tão especial, que vai enraizar o futebol feminino no Brasil’, concluiu.

Treinadora das Seleções Feminina Sub-15 e Sub-17, Simone Jatobá foi uma atleta de destaque vestindo a Amarelinha, com participação na medalha de ouro do Pan-Americano de 2007, no Rio de Janeiro, e na prata nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. Com o papel de formação da base do Brasil, a técnica espera quebras de recordes para as Guerreiras do Brasil no próximo Mundial.

“Parabéns à FIFA pela grande escolha do Brasil como sede da Copa do Mundo Feminina de 2027. Parabéns à CBF também pelo grande trabalho desenvolvido nesses anos para fomentar o futebol feminino no Brasil. Será a melhor Copa de todos os tempos”, celebrou Simone.

“Estamos crescendo e bateremos o recorde de audiência e público nos estádios. Traremos, sim, excelentes resultados para o futebol feminino. Tenho certeza de que as categorias de base estarão fomentando grandes atletas para a categoria adulta da Seleção Brasileira”, acrescentou.

74º Congresso da FIFA decidiu a sede da Copa do Mundo FIFA Feminina de 202774º Congresso da FIFA decidiu a sede da Copa do Mundo FIFA Feminina de 2027
Créditos: FIFA

Regildênia Moura também fez história ao se tornar a primeira mulher membro da Comissão de Arbitragem da CBF. Ela, que é a responsável pelo desenvolvimento da arbitragem feminina, festejou a escolha e comentou a expectativa de evolução das árbitras e árbitros brasileiro com a chegada do Mundial.

“É com extrema alegria que recebo a notícia de que o Brasil foi eleito para sediar a Copa do Mundo Feminina. Quero parabenizar a FIFA, pela excelente escolha, e a CBF, por todo o esforço que foi feito, com uma equipe de grandes pessoas para demonstrar todo o potencial do Brasil”, comemorou.

“Como a primeira mulher na Comissão de Arbitragem da CBF, estou extremamente feliz, porque sei que a Copa no Brasil vai deixar uma grande herança para a arbitragem feminina. Temos a possibilidade de a FIFA investir em um centro de treinamento para a arbitragem da Copa do Mundo e deixar um legado para árbitras e árbitros do Brasil”, complementou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação
%d blogueiros gostam disto: