sábado, julho 13A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Novo VLT Cuiabano é coragem, história e futuro

Please enter banners and links.

EMANUEL PINHEIRO –

A vocação de grandeza, garra e coragem de Cuiabá você aprende desde cedo, nos livros ou pela tradição oral. A história emoldura a bravura e superação de nossos antepassados em episódios como o da Guerra do Paraguai e o da Rusga Cuiabana, ambos no século 19. Ela mostra que quando a gente assume uma convicção, ninguém segura. Como cuiabano de ‘tchapa e cruz´, nasci e me criei imbuído desses valores. E até hoje eles são o combustível para minha ação na vida pública. 

Mas a história também serve de lição para que alguns equívocos não se repitam. Alguns deles até pitorescos, como o que vi recentemente em um minidocumentário na internet, o “Bondinho puxado por Burros” – o nosso primeiro VLT. Inspirado no modelo de Montevidéu, foi construído há mais de um século um trilho para bondes movidos a máquinas a vapor. Sem planejamento, não houve máquinas, os trilhos foram mal projetados e os animais acabaram sendo utilizados como força motriz. Reza a lenda que alguns tiveram suas cabeças enterradas na praça da Mandioca, onde era a Estação Final. 

Curiosidades à parte, o desafio da mobilidade a gente enfrenta com determinação e profissionalismo. Ao defender o Novo VLT Cuiabano e fazê-lo avançar junto ao governo federal, ao lado deputado Emanuelzinho, busco representar a reconhecida altivez do nosso povo de lutar pelo que acredita. Debatendo cada detalhe técnico, apresentamos o projeto aos ministros das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e das Cidades, Jader Barbalho Filho. A receptividade foi a melhor possível.

O modal é seguro, silencioso, confortável, de longa durabilidade, mais vantajoso para o meio ambiente e com menor custo de manutenção no longo prazo. Além disso, é imperativo imaginar a renovação urbanística que o VLT traria à cidade. Uma nova paisagem, esteticamente mais moderna e compatível com uma Cuiabá destacada no mapa do Brasil. 

Quem descende dos guaicurus e enfrentou os desbravadores bandeirantes não aceita decisões de cima para baixo. Cuiabá merece o melhor. Enxergar o VLT é olhar para o futuro, enquanto o BRT é mero retrovisor, tornou-se obsoleto. E simboliza ainda desrespeito ao dinheiro suado de cada contribuinte investido no VLT. 

Não somos contra os ônibus, por isso após décadas destravamos a licitação do transporte público e temos proporcionalmente a maior frota climatizada do país: 75% dos ônibus com ar-condicionado. Agora, estamos prontos para dar mais um passo histórico na mobilidade: tornar realidade o novo VLT Cuiabano. 

É possível fazer de forma eficiente. Bora deixar para trás o que não deu certo, avivar o sangue combativo que corre nas nossas veias e retrata bem nossa história de superação. Para colocar de vez Cuiabá nos trilhos da modernidade. Juntos, a gente vai mais longe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação
%d blogueiros gostam disto: