sexta-feira, julho 12A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Neuralink, de Elon Musk, implanta chip em cérebro humano

Please enter banners and links.

(Reuters) – O primeiro paciente humano recebeu um implante da startup de chips cerebrais Neuralink no domingo e está se recuperando bem, disse o bilionário fundador da empresa, Elon Musk.

“Os resultados iniciais mostram uma detecção promissora de picos de neurônios”, disse Musk na rede social X na segunda-feira.

Os picos são atividades dos neurônios, que o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos descreve como células que usam sinais elétricos e químicos para enviar informações ao cérebro e ao corpo.

No ano passado, a Agência de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA, na sigla em inglês) autorizou a empresa a realizar seu primeiro estudo para testar seu implante em seres humanos, um marco fundamental nas ambições da startup. Em setembro, a Neuralink informou que recebeu aprovação para o recrutamento de voluntários para o teste em humanos.

O estudo usa um robô para colocar cirurgicamente um implante de interface cérebro-computador (BCI) em uma região do cérebro que controla a intenção de se mover, disse a Neuralink anteriormente, acrescentando que seu objetivo inicial é permitir que as pessoas controlem um cursor ou teclado de computador usando apenas seus pensamentos.

Os fios “ultrafinos” dos implantes ajudam a transmitir sinais no cérebro dos participantes, disse a Neuralink.

O primeiro produto da Neuralink se chamará Telepathy, disse Musk.

O experimento é um teste de sua interface cérebro-computador sem fio para avaliar a segurança do implante e do robô cirúrgico.

A Neuralink não comentou o assunto.

A empresa tem enfrentado pedidos de análise em relação a seus protocolos de segurança. A Reuters informou no início deste mês que a empresa foi multada por violar as regras do Departamento de Transportes dos EUA (DOT) com relação à movimentação de materiais perigosos.

A empresa foi avaliada em cerca de 5 bilhões de dólares em junho passado, mas quatro parlamentares norte-americanos pediram à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA no final de novembro  que investigasse se Musk havia enganado investidores sobre a segurança de sua tecnologia depois que registros veterinários mostraram problemas com os implantes em macacos, incluindo paralisia, convulsões e inchaço cerebral.

Musk escreveu em rede social em 10 de setembro que “nenhum macaco morreu como resultado de um implante Neuralink”. Ele acrescentou que a empresa escolheu macacos “terminais” para minimizar o risco para macacos saudáveis.

(Por Akash Sriram e Kanjyik Ghosh)

Conheça o chip cerebral de Elon Musk

Um dispositivo no cérebro capaz de reprogramar atividades perdidas, fazendo pessoas voltarem a andar e até mesmo a se livrar da depressão. E com tanta tecnologia envolvida, esse chip só poderia ser implantado por mãos robóticas.

O tamanho aproximado do chip é equivalente a forma de uma moeda, mas é quase imperceptível. O dispositivo possui uma bateria interna que é carregada sem fio, são 1024 eletrodos são ligados ao cérebro por meio de um robô.

Incrivelmente, o implante é feito por um robô, que é separado em três partes: cabeça, corpo e a base. Curiosamente, a cabeça do robô é parecida com um capacete que, por sua vez, segura a cabeça do paciente.

Além disso, o robô também possui um guia com agulhas cirúrgicas, além de câmeras e sensores internos que mapeiam o cérebro.

Quais as possibilidades que o chip cerebral apresenta?

foto de pessoa na cadeira de rodas
Imagem Freepik

Como de costuma, em seus projetos mais audaciosos, o dono do Twitter, CEO da SpaceX e da Tesla aposta em um grande feito para a humanidade, que aspira resultados dignos de um prêmio Nobel. A tecnologia aplicada através de um implante cerebral seria capaz de fazer downloads das nossas mentes e tratar danos como cegueira e a surdez, uma grande esperança para as pessoas.

Assustadoramente, outra possibilidade também é um download completo de nosso cérebro que poderia ser implantado em alguém ou algum robô. De maneira surreal, o chip cerebral também foi feito para controlar dispositivos eletrônicos complexos para permitir que pessoas com paralisia recuperem suas habilidades motoras e voltem a andar.

As doenças emocionas, como a ansiedade e depressão estão inclusas no implante, de forma que, possam ser curadas com a transmissão de estímulos necessários através do chip. Pacientes com doenças cerebrais degenerativas, como Parkinson e Alzheimer, poderiam obter a cura, através do dispositivo. Incrível, não é mesmo?

A Neuralink já recebeu autorização da Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) para começar a realizar pesquisas implantando os chips a partir de 2023.

Dessa forma, a Neuralink já até colocou uma seção em seu site para inscrição de voluntários. Os mesmos precisam atender algumas exigências, como residir nos Estados Unidos, terem mais que 18 anos e apresentarem alguma condição associada ao cérebro. Como o caso de pessoas, com surdez, cegueira e com paralisia.

Elon Musk já fez declarações que ele próprio estará à disposição para receber o implante. E você, colocaria um chip cerebral?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação
%d blogueiros gostam disto: