sábado, junho 22A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Atividade industrial segue sem força em maio, avalia CNI

Please enter banners and links.

Pesquisa aponta para leve alta na produção industrial, mas queda no emprego e estoques acima do planejado. A mudança em relação aos últimos meses é a melhora nas expectativas dos industriais –
Atividade industrial segue sem força em maio, avalia CNI

A produção industrial subiu em maio de 2023, após um movimento de queda iniciado em setembro de 2022. Nesse período de oito meses, ocorreram sete quedas. De acordo com a Sondagem Industrial, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o índice de evolução da produção ficou em 51,6 pontos, acima da linha divisória de 50 pontos, que separa a queda da alta da produção na comparação com o mês anterior. Foram ouvidos 1.677 empresários, entre 1º e 13 de junho.

A economista da CNI Cláudia Perdigão explica que a alta da atividade industrial foi registrada após uma série de resultados negativos, mas o índice é o menor dos últimos três anos para o mês de maio, o que indica atividade mais moderada na comparação com os anos anteriores.PauseUnmuteCurrent Time 0:07/Duration 0:30Loaded: 100.00%Fullscreen

“Os dados mostram falta de força da indústria, com queda no emprego e estoques em alta. Um dado positivo é a alta da utilização da capacidade instalada, que subiu dois pontos. Apesar do avanço, o percentual é menor do que o registrado nos últimos dois anos para o mesmo mês”, explica Cláudia Perdigão.

O índice de evolução do número de empregados ficou em 48,4 pontos, valor que representa queda do emprego industrial na passagem de abril para maio de 2023. O resultado está abaixo da linha divisória dos 50 pontos desde outubro de 2022.

Estoques seguem acima do planejado

O índice de evolução do nível de estoques foi de 51,3 pontos em maio deste ano, por estar acima da linha divisória de 50 pontos, o índice aponta alta dos estoques em relação a abril. É o quarto mês consecutivo de alta dos estoques.

O índice de nível de estoque efetivo em relação ao planejado também ficou em 51,3 pontos. O excesso de estoques indesejados é praticamente o mesmo do mês anterior (o índice ficou em 51,5 pontos em abril).

Melhora moderada das expectativas em junho de 2023

Todos os índices de expectativas aumentaram em junho deste ano. Com as altas, os índices de expectativa de número de empregados e de quantidade exportada, que se situavam praticamente sobre os 50 pontos em maio, se afastaram e estão mais acima da linha divisória.

O índice de demanda foi de 54,6 pontos e o indicador de compras de matérias-primas alcançou 52,7 pontos. O índice de evolução do número de empregados aumentou 0,8 ponto, para 50,7 pontos, enquanto o índice de quantidade exportada aumentou 0,6 ponto, para 50,8 pontos.

Intenção de investir cresce

O índice de intenção de investimento apresentou alta de 1,1 ponto, passando de 52,9 pontos em maio para 54 pontos em junho. Antes de maio, o índice vinha de uma série de oscilações, alternando movimentos de alta e baixa moderados, entre janeiro e maio de 2023.

A alta de junho reverte totalmente a queda de maio e recoloca o indicador no mesmo patamar de fevereiro de 2023. Essa dinâmica sugere cautela nas decisões de investimento por parte dos empresários da indústria.

Fonte: CNI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação
%d blogueiros gostam disto: