domingo, março 3A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Tag: Economia

Lula veta prorrogação da desoneração da folha de pagamento

Lula veta prorrogação da desoneração da folha de pagamento

BRASIL, ECONOMIA
Medida perde a validade em dezembro - Agência Brasil - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vetou integralmente o projeto de lei que pretendia estender até 2027 a desoneração da folha de pagamento de 17 setores da economia e reduzir a contribuição para a Previdência Social paga por pequenos municípios. O veto deverá ser publicado em edição extra do Diário Oficial da União ainda nesta quinta-feira (23). Implementada desde 2011 como medida temporária, a política de desoneração da folha vinha sendo prorrogada desde então. Com o veto presidencial, a medida perde a validade em dezembro deste ano. A ideia do projeto de lei, aprovado pelo Congresso no mês passado, era manter a contribuição para a Previdência Social de setores intensivos em mão de obra entre 1% e 4,5% sobre a ...
Exportações brasileiras superam marca de US$ 300 bi pelo segundo ano

Exportações brasileiras superam marca de US$ 300 bi pelo segundo ano

ECONOMIA
Balança comercial acumula superávit de US$ 86,512 bi em 2023 - Agência Brasil - Pelo segundo ano seguido, as exportações brasileiras superaram a marca de US$ 300 bilhões, divulgou nesta segunda-feira (20) o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC). Até a terceira semana de novembro, as vendas para o exterior somaram US$ 300,014 bilhões e as importações ficaram em US$ 213,502 bilhões. Com isso, a balança comercial acumula saldo positivo de R$ 86,512 bilhões no ano. O resultado foi atingido após a balança comercial registrar superávit de US$ 1,963 bilhão na terceira semana de novembro. Apenas na semana passada, o país exportou US$ 6,055 bilhões e importou US$ 4,092 bilhões. Com o resultado da última semana, a balança acumula r...
Economia fica estagnada no terceiro trimestre, aponta FGV

Economia fica estagnada no terceiro trimestre, aponta FGV

BRASIL, ECONOMIA
PIB em setembro caiu 0,6% na comparação com agosto - Agência Brasil - A economia brasileira ficou estagnada na passagem do segundo para o terceiro trimestre deste ano. A estimativa, divulgada nesta terça-feira (21), é do Monitor do PIB da Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador aponta uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB, conjunto de todos os bens e serviços produzidos no país). Em relação ao mesmo trimestre de 2022, houve um crescimento de 1,8% da economia. Já na comparação entre mês de setembro de 2023 e agosto, houve retração de 0,6%. “A estagnação do PIB no terceiro trimestre, em comparação ao segundo, reflete a fragilidade de sustentação de crescimento da economia brasileira. A desaceleração da agropecuária e do setor de serviços explica a estagnação da econom...
Fazenda reduz previsão oficial de crescimento do PIB para 3%

Fazenda reduz previsão oficial de crescimento do PIB para 3%

ECONOMIA
Estimativa para inflação em 2023 caiu para 4,66% - Agência Brasil - A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Fazenda reduziu de 3,2% para 3% a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos) para 2023. A estimativa para a inflação diminuiu. As previsões estão no Boletim Macrofiscal divulgado nesta terça-feira (21). Segundo o Ministério da Fazenda, a revisão no crescimento foi motivada pela expectativa de crescimento zero no PIB no terceiro trimestre, ante previsão anterior de expansão de 0,1%. A pasta também atribui a projeções menos otimistas para o setor de serviços no restante do ano. Para 2024, a estimativa de crescimento econômico caiu de 2,3% para 2,2%. Apesar dessas revisões para baixo, a perspectiva ainda é ...
Dólar a R$ 4,80 ou a R$ 5,10 no fim do ano? Analistas divergem sobre 2023, mas não veem mudanças estruturais no câmbio

Dólar a R$ 4,80 ou a R$ 5,10 no fim do ano? Analistas divergem sobre 2023, mas não veem mudanças estruturais no câmbio

ECONOMIA
XP revisou projeção no ano de R$ 4,70 para R$ 5,10, enquanto BBI seguiu em R$ 4,80, mas destacando fatores para seguirem com visão de médio prazo para moeda. As últimas sessões têm sido de pressão para o mercado de câmbio, com o dólar renovando máximas desde março nesta semana e se aproximando dos R$ 5,20 com um combo de temor por juros altos por mais tempo nos Estados Unidos (o que diminui a atratividade de países emergentes, como o Brasil) e a baixa de commodities. Mas esse movimento vai se manter? Em relatório, a equipe de economistas da XP ajustou as suas projeções de taxa de câmbio no curto prazo, mas não mudou a avaliação estrutural. Caio Megale, Andres Pardo e equipe alteraram a previsão para o dólar de R$ 4,70 para R$ 5,10 para o final de 2023, a fim de contemplar ...
IGP-DI tem alta de 0,45% em setembro com pressão de combustíveis e supera projeções

IGP-DI tem alta de 0,45% em setembro com pressão de combustíveis e supera projeções

ECONOMIA
A expectativa em pesquisa da Reuters era de ganho de 0,31% - Posto de combustíveis do DF vende gasolina com desconto no Dia de Liberdade de Impostos (Foto: José Cruz/Agência Brasil) SÃO PAULO (Reuters) – O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu mais do que o esperado em setembro, mostraram dados da Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira, com os combustíveis pressionando tanto o produtor quanto o consumidor. O IGP-DI avançou 0,45% no mês passado, acelerando ante a alta de 0,05% vista em agosto e superando a expectativa em pesquisa da Reuters de ganho de 0,31%. Agora, o índice tem baixa em 12 meses de 5,34%, uma desaceleração ante a queda de 6,91% acumulada no ano findo em agosto.CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADEhttps://imasdk.googleapis.com/js/core/...
Com 51 novos mercados abertos, Brasil diversifica exportações do agro para o mundo

Com 51 novos mercados abertos, Brasil diversifica exportações do agro para o mundo

AGRONEGÓCIO
A boa relação entre países reforça a confiança internacional na qualidade e sanidade do agro brasileiro - O Brasil, desde o início de 2023, conquistou 51 novos mercados para os produtos agropecuários até setembro deste ano. Com uma pauta diversificada das exportações, o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) intermediou negociações nas Américas (Argentina, Canadá, México, República Dominicana, Uruguai, Equador, Colômbia, Chile e Panamá), totalizando 22 mercados. Na região asiática (Indonésia, Singapura, China, Índia, Malásia, Armênia, Cazaquistão e Quirguistão) foram conquistados 14 mercados. No continente africano (Egito, Argélia, Angola e África do Sul) as tratativas contabilizaram sete produtos. Já na Europa (Rússia e Belarus), temos dois. Na Oceania (Polinésia ...
Maior empregadora do Brasil, JBS chega a 151 mil colaboradores no país

Maior empregadora do Brasil, JBS chega a 151 mil colaboradores no país

ECONOMIA
Companhia gerou 7,3 mil novas vagas entre janeiro e agosto de 2023. Globalmente, são 260 mil colaboradores nas mais de 400 unidades e escritórios da empresa - A JBS se consolidou como a maior empregadora do Brasil em 2023, com 151,2 mil colaboradores diretos trabalhando em suas diversas operações no país. Somente entre janeiro e agosto deste ano a companhia gerou 7,3 mil novas vagas, o que representa um aumento de 5% em relação a dezembro de 2022. Globalmente a JBS emprega 260 mil colaboradores em suas mais de 400 unidades produtivas e escritórios espalhados por 20 países. “Temos consciência de que exercemos um papel importante para a geração de emprego e renda em diversas regiões, com impacto especialmente positivo nas pequenas cidades em que estamos. Em muitas delas, somos o p...
Lançamento do Pix Automático é adiado para outubro de 2024

Lançamento do Pix Automático é adiado para outubro de 2024

ECONOMIA
Ferramenta permitirá pagamento agendado de contas - Agência Brasil - Daqui a um ano, o correntista poderá agendar transferências automáticas via Pix para o pagamento de contas recorrentes. O Fórum Pix, composto por representantes do Banco Central (BC) e das instituições financeiras e de pagamento, definiu a data de lançamento do Pix Automático para outubro de 2024. Inicialmente prevista para abril do próximo ano, a ferramenta foi adiada em seis meses. No entanto, segundo o BC, a estimativa foi ajustada por causa da complexidade do novo produto, do tempo necessário para desenvolver o papel de cada um dos participantes e da definição das estratégias comerciais das instituições financeiras. O BC também mencionou “questões organizacionais” internas, mas não informou se o atraso es...
Banco Mundial projeta expansão de 2% para a América Latina e Caribe

Banco Mundial projeta expansão de 2% para a América Latina e Caribe

ECONOMIA
Estudo diz que Brasil fez reformas macroeconômicas adequadas - Agência Brasil - O Banco Mundial projetou um crescimento regional 2% para este ano na América Latina e Caribe. Para 2024, a estimativa é de 2,3% e, para 2025, de 2,6%. Segundo a instituição, apesar de a expansão se situar acima do 1,4% divulgado anteriormente, ainda está abaixo de todas as outras regiões do mundo e é insuficiente para promover a necessária criação de empregos, inclusão e redução da pobreza. As informações constam do relatório Conectados: tecnologia digital para a inclusão e o crescimento, divulgado hoje (4). Para o Brasil, estima-se crescimento de 2,6% para este ano e de 1,3% para 2024. Já para 2025, a projeção é de expansão de 2,2%. Segundo o relatório, a região realizou reformas macroeconômicas...