terça-feira, novembro 24A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

LIE: IMT capta recursos para projeto social de tênis em MT

Please enter banners and links.

A entidade possui três projetos, um deles está aprovado pela Lei de Incentivo ao Esporte e há outro em tramitação e poderá ser aprovado até março

O Instituto Mato-grossense de Tênis (IMT) está em fase de captação de recursos para um projeto, chamado de ‘Tênis Social’, aprovado pela LIE – Lei de Incentivo ao Esporte (Lei 11.438/2006). Um projeto social com o objetivo de fomentar a inclusão social e o desenvolvimento físico, mental e biomecânico de crianças de seis a 11 anos. E os interessados em direcionar parte de seu imposto de renda físico ou jurídico ou ser patrocinador podem entrar em contato com a entidade.

De acordo com o presidente da instituição (IMT), Harrison Ribeiro, um contador de 48 anos, pai de dois filhos (Maria Eduarda e Matheus) e avô de uma neta (Helena), a entidade foi fundada em maio de 2018, obteve a aprovação do primeiro projeto em dezembro de 2019 e está autorizada pelo governo federal a captar um pouco mais de um milhão de reais (R$ 1.028.122,94). Para atender até 320 crianças com atividades de esporte educacional na cidade de Cuiabá.

“O projeto Tênis Social está aprovado pela Lei de Incentivo ao Esporte e nós já começamos a captação de recursos. E ele conta com o apoio da prefeitura de Cuiabá, que prometeu adequar duas quadras poliesportivas para a prática do tênis no Centro Esportivo João Balduíno Curvo, lá no bairro do Quilombo. E pretendemos iniciar as atividades até abril, lógico, nós dependemos da captação e da prefeitura entregar as quadras”, conta o presidente do IMT, Harrison Ribeiro.

O projeto conta com os seguintes objetivos específicos: ampliar a quantidade de praticantes de tênis na base; oferecer um esporte pouco difundido; oportunizar a vivência do tênis às camadas menos favorecidas; melhorar o desenvolvimento motor, a saúde e a qualidade de vida dos alunos; contribuir com a ampliação de conhecimentos, habilidades e atitudes que favoreçam a permanência dos alunos na escola; e melhorar a autoestima dos alunos, entre outros.

Conforme a documentação aprovada pelo governo federal, todas as atividades ocorrerão no contra turno escolar, em local cedido pela prefeitura de Cuiabá, que será no Centro Esportivo João Balduíno Curvo, mais conhecido como Ginásio do Quilombo, e utilizará a metodologia ‘Play and Stay’, com tradução ‘Jogue e Fique’. Um método que usa bolas mais lentas, quadras menores e redes mais baixas para incentivar progresso rápido e permanência das crianças no projeto.

Para mais informações, o Instituto Mato-grossense de Tênis pode ser contatado pelo celular do presidente, Harrison Ribeiro (65)99699-2009 ou também por meio da página da entidade na rede social Facebook. E o site da entidade está em construção e em breve estará pronto para suprir a demanda de informações.

Assessoria de imprensa da FMTT: Junior Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *