domingo, junho 23A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Colheita de arroz no Rio Grande do Sul se aproxima do fim, enquanto produtores focam no escoamento

Please enter banners and links.

Enfrentando desafios climáticos e logísticos, setor mantém cautela –
Colheita de arroz no Rio Grande do Sul se aproxima do fim, enquanto produtores focam no escoamento

Foto: Paulo Rossi

Nesta semana, o mercado de arroz no Rio Grande do Sul manteve-se cauteloso, com preços firmes e atenção voltada para o escoamento da produção. “A cadeia produtiva enfrenta desafios consideráveis devido aos alagamentos na região central do estado, que também afetaram alguns silos de armazenamento”, destaca o analista e consultor da Safras & Mercado, Evandro Oliveira.

“Os relatos de grãos ardidos e mofados têm aumentado, e muitos deles estão em condições tão comprometidas que não são adequados nem para a produção de ração animal”, lamenta Oliveira.

Segundo o consultor, ainda há incerteza sobre a extensão total do impacto nas reservas armazenadas, e há rumores de que arroz de qualidade comprometida está chegando a Santa Catarina.

Progresso da colheita e impactos climáticos

A colheita no Rio Grande do Sul, por outro lado, está quase concluída, alcançando 95% segundo dados da Emater/RS. O clima seco nas regiões sul, centro e oeste do estado tem favorecido o avanço das atividades no campo. “No entanto, as perdas causadas pela submersão de cultivos maduros e pelo acamamento das plantas são significativas”, ressalta o analista.

Preços em alta

O preço médio da saca de 50 quilos de arroz no Rio Grande do Sul (58/62% de grãos inteiros e pagamento à vista) fechou a quinta-feira (23) cotado a R$ 120,37, representando um aumento de 2,08% em relação à semana anterior. Em comparação ao mesmo período do mês passado, houve uma alta de 13,6%, e um aumento de 43,48% quando comparado ao mesmo período de 2023.

Os dados refletem um mercado em alerta, mas resiliente, buscando superar os obstáculos e garantir o escoamento da safra mesmo diante de adversidades.

Fonte: Portal do Agronegócio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação
%d blogueiros gostam disto: