segunda-feira, julho 15A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

História de Stopa nas eleições de 2024 tá sendo desenrolado aos poucos

Please enter banners and links.

Por Blogdovaldemir

Qual a jogada de Zé Stopa, já que tem interesse eleitoral? Vai se articular politicamente? Nenel Pinheiro ainda tem carta na manga? Quintou, e sabemos muito bem que, um bom jogador sempre tem um segundo plano, uma carta na manga. Ou seja, não tem tempo ruim apenas obstáculos a serem ultrapassados.

Segue o fluxo, porque o menino da Rua Joaquim Murtinho entrou com um Habeas Corpus (HC), no Superior Tribunal de Justiça (STJ), nesta quarta-feira (6) as 16 horas (horário de Mato Grosso), para reverter a decisão da liminar do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso (TJMT).

A ação ainda não tem relator. Inicialmente será decidida pela presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Maria Thereza de Assis Moura. Nenel continua em Brasília e pelo jeito… Bom…, pelo jeito alguns acontecimentos judiciais ainda estão por surgir.

Ah, eu vou falar!

O vice-prefeito de Cuiabá José Roberto Stopa, do Partido Verde (PV), neste momento está no alto escalão da política em Cuiabá, nas últimas 86 horas tem sido o centro das atenções, não só pelos rolos que acontecerão e estão ainda por acontecer na administração do emedebista Nenel Pinheiro, mas porque tão falando no Boteco da Alameda que ele será decisivo nas urnas.

Afinal de contas, ele é visto como aquele que no comando da Prefeitura de Cuiabá, pode mobilizar a galera e fazer a diferença lá na urna, na hora do voto.

A parada é que, sendo Prefeito da Capital de todos os mato-grossenses, Zé Stopa tem lá seu peso, especialmente com os bairros periféricos e lideranças comunitárias. Essa conexão forte pode ser a chave para o sucesso do atual prefeito interino como candidato ao Palácio Alencastro.

Ele não tá só no jogo político, mas também na vida de muita gente. A expressão “candidato” aqui não é só um título. É tipo o trunfo, a influência que ele pode ter para direcionar os votos.Leia Também:  Mendes reúne secretários e apresenta equipe de finalização da gestão

E, o Zé Stopa, com toda sua bagagem na política e serviços públicos, é visto como aquele que pode puxar votos e deixar sua marca na disputa eleitoral 2024.

Essa história toda de Zé Stopa nas eleições é como um enredo que tá sendo cantado e um novelo político que vem sendo desenrolado aos poucos, com o tempo, a gente vai descobrir se ele vai mesmo jogar esse jogo político com tudo ou se as especulações são só burburinhos passageiro.

O que dá para saber neste momento é que ele tá na boca de líderes de bairros, e as próximas eleições prometem ser movimentadas com a possível influência de Zé Stopa no jogo político.

Prestem atenção: Nenel Pinheiro não conseguindo reverter a decisão judicial, Zé Stopa vai comandar o Palácio Alencastro até dia 4 de setembro, faltando 32 dias para a eleição no primeiro turno. E caso, realize uma gestão com resultados positivos, principalmente serviços essenciais, sai da frente que o “homi” vai atropelar muita gente que se acha eleito.

Ah, o Boteco da Alameda ai falar!

No jogo da vida política, José Roberto Stopa vinha tentando chegar ao Palácio Alencastro. Com a aproximação de Nenel Pinheiro com o presidente da República “Lula, levou um forte revés, foi jogado alguns degraus para baixo, muitas casas para trás no tabuleiro político.

Agora, faltando poucos meses, poucos dias, poucas semanas, poucas horas, Zé Stopa não está aposentado politicamente.

Entretanto, contudo, todavia, para voltar ao jogo, enfrenta o desafio de se reposicionar. Para isso, o primeiro passo é assumir a candidatura de 2024.

Segundo o grupo político do núcleo duro do Boteco da AlamedaZé Stopa não será candidato a todo custo. Mas está nos seus planos, sim.

O segundo passo é definir seu novo partido. E esse, no que depender dos aliados políticos, está muito bem encaminhado: sua intenção é migrar para o MDB.

Por que o MDB?

Para os cabeças pensantes do Boteco da Alameda, sua eventual candidatura pelo MDB é um ótimo arranjo para as duas partes. Encontro da fome com a vontade de comer.Leia Também:  “Nós vivemos uma verdadeira epidemia de golpes financeiros contra o consumidor no Brasil”

O raciocínio passa por um fator que faz muito sentido: hoje, mapeando-se os maiores municípios de Mato Grosso, a sigla emedebista tem somente um candidato altamente competitivo: o Prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat.

O partido da “Mulher Maravilha”, e nossa parlamentar estadual Janaina Greyce Riva, e seu “AMIGO”, o prefeito cuiabano Nenel Pinheiro, tem grandes planos de expansão e logicamente, pode filiar candidatos imponentes até abril.

Mas o fato é que, neste momento, o MDB carece de nomes realmente competitivos que possam dar sustentação a um projeto de crescimento mirando em 2026.

Em Cuiabá mesmo o partido não tendo hoje nenhum porto seguro para ancorar. Para alicerçar um projeto de expansão, o que pode ser melhor que chegar novamente ao Executivo da cidade mais populosa e uma das economicamente mais pujantes de Mato Grosso e no Palácio Alencastro instalar a sua base para disputar as eleições gerais em 2026.

Tanto a “Mulher Maravilha”, (abertamente), como Nenel Pinheiro, (reservadamente) aspiram a majoritária. A Prefeitura de Cuiabá, com Zé Stopa, pode representar para eles justamente aquela ancora que hoje lhes falta.

Bom também para Stopa

Para Zé Stopa, entrar no MDB também é negócio precisamente por conta de candidaturas competitivas do partido, hoje, no maior município mato-grossense.

Sem concorrência, digamos interna, a candidatura do vice-prefeito cuiabano tende a ser tratada mesmo como prioritária pelos dirigentes da sigla, concentrando o maior volume de recursos na partilha do Fundo Eleitoral do MDB.

Também a atração de aliados, para a coligação de Zé Stopa fica teoricamente mais fácil. Sem grandes candidaturas próprias em outros dos maiores municípios, o MDB pode oferecer apoio a candidatos de outras siglas nessas outras cidades em troca do apoio a Zé Stopa em Cuiabá.

Segue o fluxo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação
%d blogueiros gostam disto: