sexta-feira, abril 12A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Samu capacita 91 médicos que atuam em cinco municípios do Estado

Please enter banners and links.

Curso de Atendimento Pré-Hospitalar foi realizado em parceria com o Núcleo de Educação Permanente em Saúde da SES –

Ana Lazarini | SES-MT –

Ação capacitou médicos que atuam em Cuiabá, Várzea Grande, Juína, Tangará da Serra e Primavera do Leste

Ação capacitou médicos que atuam em Cuiabá, Várzea Grande, Juína, Tangará da Serra e Primavera do Leste
Crédito – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mantido pelo Governo do Estado em municípios da baixada cuiabana, capacitou 91 médicos que atuam especificamente em serviços dos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Juína, Tangará da Serra e Primavera do Leste. 

O curso de Atendimento Pré-Hospitalar foi realizado em parceria com o Núcleo de Educação Permanente em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT). Foram ofertadas duas turmas para a capacitação, que ocorreu nos dias 19 e 20 de fevereiro (primeira turma) e 22 e 23 de fevereiro (segunda turma), na Universidade de Várzea Grande (Univag). 

A capacitação foi realizada por profissionais do Samu de Cuiabá, sob a coordenação da enfermeira e mestra, Patrícia Ferreira. O objetivo era qualificar os profissionais com conhecimentos e habilidades, utilizando-se de técnicas específicas para o manejo dos pacientes em situação de urgência e emergência.

“Nosso foco era capacitar todos esses profissionais, de forma que os pacientes que recebam os primeiros atendimentos cheguem com segurança, o mais breve possível, na unidade de saúde mais próxima”, avaliou a secretária adjunta do Complexo Regulador da SES, Fabiana Bardi. 

Nos dias 24 e 25 de fevereiro, as equipes da Sala Reguladora do Samu também passaram por uma capacitação que envolveu médicos, técnicos auxiliares da regulação médica e radio operadores. “Estamos em busca da melhoria contínua em nosso Serviço e, para isso, estamos investindo em Educação Permanente”, concluiu Fabiana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação
%d blogueiros gostam disto: