quarta-feira, outubro 20A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Mato Grosso ganha Carreta Outubro Rosa

Please enter banners and links.

Unidade móvel pretende atender mais de 2000 mulheres. Presidente da Assembleia Legislativa avalia que a media possa aliviar a demanda reprimida de procedimentos prevenção, principalmente na região sul de Mato Grosso –

JOSÉ MARQUES –

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Max Russi (PSB), participou do lançamento da Carreta Outubro Rosa no estacionamento do Hospital Estadual Santa Casa (HESC), na segunda-feira (4). Russi parabenizou a inciativa do governo do estado e garantiu total apoio do Parlamento nas medidas de prevenção ao câncer de mama. “A gente fica feliz com essa ação e tem procurado dar todo o apoio”, assegurou.

Conforme a Secretaria de Estado de Saúde (SES), a unidade móvel de Saúde da Mulher ficará estacionada no hospital até o final do mês e vai auxiliar nos exames preventivos. 

Max Russi avalia que a media pode aliviar a demanda reprimida de procedimentos de prevenção, principalmente na região sul de Mato Grosso. “Muitas mulheres ainda tem dificuldade do acesso aos exames, principalmente o de mamografia. Então precisamos dessas políticas públicas para facilitar, dar condições e oportunidade salvar muitas vidas”, ressalta.

O evento, alusivo ao Outubro Rosa, contou com a participação do govenador Mauro Mendes, do secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, da primeira-dama Virgína Mendes, do deputado estadual Doutor .João (MDB), presidente da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa, da diretora do Hospital Estadual Santa Casa, Patrícia Neves, vereadores e autoridades. 

Ainda de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, a Campanha Outubro Rosa do HESC ofertará consultas médicas especializadas e exames para prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e do câncer do colo do útero. As ações serão realizadas em forma de mutirão durante todo mês de outubro de 2021. 

A intenção é que mulheres de baixa renda tenham acesso aos serviços médicos. O público alvo são mulheres entre 40 e 69 anos de idade, usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS). A meta é realizar 1.840 consultas com mastologista, 3.312 consultas com ginecologista, 1.840 exames de mamografia, 3.312 exames de Papanicolau, 1.380 ultrassonografias de mama e 1.380 ultrassonografias ginecológicas.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação