terça-feira, maio 17A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Risco de contaminação por Covid-19 ao tocar superfícies é menor que 1%

Please enter banners and links.

 Notícias ao Minuto –

Investigadora brasileira disse em declarações à CNN que essas medidas de limpeza são dispensáveis. Já o uso da máscara e a higienização das mãos continuam a ser fundamentais, de modo a deter a propagação do novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19

Investigadora brasileira disse em declarações à CNN que essas medidas de limpeza são dispensáveis. Já o uso da máscara e a higienização das mãos continuam a ser fundamentais, de modo a deter a propagação do novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19.© Shutterstock 

Desinfeta os produtos que compra no supermercado e as solas dos sapatos ou troca de roupa assim que chega a casa? Ora, um novo estudo revela que o risco de contágio pelo SARS-CoV-2 é de cinco a cada 10 mil vezes em casos em que um indivíduo toca numa superfície com a presença do vírus, ou seja, menos de 1%.

De acordo com a imunologista e investigadora Margareth Dalcomo, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), essas medidas de limpeza são dispensáveis, porque o novo coronavírus permanece, sobretudo, suspenso no ar.

 “Não é mais necessário que ninguém perca tempo com isso. Muito menos a limpar a sola do sapato, nada disso é importante, o importante é proteger-se usando máscaras de boa qualidade e saber que a contaminação está ligada ao ambiente”, disse a investigadora à CNN. 

Estudo

O novo estudo foi realizado na cidade de Barreira, na região oeste da Bahia, no Brasil.

Para efeitos daquela pesquisa, os investigadores recolheram amostras entre junho de 2020 e maio de 2021 na principal área de comércio da região, que inclui lojas, supermercados, restaurantes, cafés, bares e outros pontos comerciais.

O estudo, explica a CNN, comparou duas possíveis situações de contágio. Na primeira, um homem infetado com a Covid-19 entra em contato com uma pessoa saudável e conversa com esta, sem usar máscara e manter o recomendado distanciamento social. Após essa interação, a pessoa é infetada com o SARS-CoV-2. 

Entretanto, numa segunda situação, um homem infetado manuseia vários objetos, como dinheiro, telemóvel e usa máquinas de pagamento multibanco, por exemplo, e um homem saudável entra em contato com os mesmos objetos e acaba por não contrair o vírus.

“Concluímos que, até ao momento, o meio ambiente e os materiais inanimados não tiveram um papel importante na transmissão da Covid-19 na cidade de Barreiras. Portanto, provavelmente, resultados semelhantes podem ser encontrados noutras cidades, principalmente aquelas com um cenário epidemiológico de Covid-19 semelhante ao da cidade de Barreiras”, concluíram os cientistas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação