segunda-feira, julho 4A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Cientistas identificam sete fármacos com potencial para tratar Covid-19

Please enter banners and links.

 Notícias ao Minuto –

Investigadores brasileiros descobriram que certos medicamentos utilizados para tratar asma, enxaquecas ou antibióticos, apresentaram resultados promissores quando submetidos a análises computacionais e serão agora testados in vitro

Investigadores brasileiros descobriram que certos medicamentos utilizados para tratar asma, enxaquecas ou antibióticos, apresentaram resultados promissores quando submetidos a análises computacionais e serão agora testados in vitro.© Shutterstock 

Investigadores brasileiros descobriram que certos medicamentos utilizados para tratar asma, enxaquecas ou antibióticos, apresentaram resultados promissores quando submetidos a análises computacionais e serão agora testados in vitro.

O estudo publicado no Journal of Biomolecular Structure and Dynamics e citado pela CNN, descobriu sete fármacos com potencial de bloquear a propagação do novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19. 

A pesquisa realizada pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP), usou uma técnica computacional denominada de reposicionamento de fármacos, que selecionou mais de 11 mil medicamentos e detetou os sete com a maior capacidade de bloquear a replicação do SARS-CoV-2 em células infetadas.

Leia Também: Fármaco para colesterol reduz infeção por coronavírus em 70%, diz estudo

Os investigadores querem agora testar a sua eficácia in vitro e posteriormente em ensaios clínicos em seres humanos.

De acordo com Cristiane Guzzo, professora do ICB da USP e coordenadora do estudo, os sete fármacos já são aprovados pela Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora dos Estados Unidos, facto que pode otimizar o avanço da pesquisa para a realização de ensaios clínicos. 

“A estratégia de usar estes fármacos é porque já são moléculas aprovadas e utilizadas no mercado, e isso facilita para conseguir a utilização imediata, já que todo o processo de validação, de toxicidade e efeitos colaterais está estabelecido”, explicou Guzzo à CNN.

Anacleto Silva de Souza, físico biomolecular e pós-doutorado do ICB, autor do estudo, disse por sua vez: “desenvolvemos três modelos matemáticos pelos quais classificamos os fármacos e selecionamos os mais promissores, que representaram melhor afinidade para predileção”. 

Entre os 11 mil fármacos presentes no banco de dados de medicamentos DrugBank, 2.500 foram desconsiderados. Dos 8.500 restantes, 14 medicamentos para tratamento de enxaqueca, doenças respiratórias, ação antimicrobiana e produtos naturais foram selecionados para simulação computacional até se chegar aos que registaram uma compatibilidade mais elevada em impedir a disseminação do coronavírus, mencionou o físico. 

Eis segundo os cientistas, a lista de medicamentos com potencial para tratar a Covid-19:

. Hexassacarídeo derivado de acarbose (produto natural);

. Angiotensinamida (vasoconstritor);

. Dihidroestreptomicina (antibiótico);

. Enviomicina (antibiótico);

. Fenoterol (bromidrato de Fenoterol é indicado para o tratamento sintomático da crise aguda de asma e bronquite obstrutiva crônica);

. Naratriptano (usado no tratamento agudo de crises de enxaqueca);

. Viomicina (antibiótico).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação