sábado, junho 12A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Tag: Ajuda Emergencial

Saiba como devolver auxílio emergencial recebido indevidamente

Saiba como devolver auxílio emergencial recebido indevidamente

BRASIL
Ministério da Cidadania mostra passo a passo para devolução - Agência Brasil - Quem recebeu o auxílio emergencial, mas não preencheu os requisitos para ter direito ao benefício de três parcelas mensais de R$ 600, poderá devolver os valores recebidos indevidamente. O Ministério da Cidadania disponibilizou uma página na internet com o passo a passo para a devolução.  Dados da Controladoria-Geral da União (CGU) mostram a existência de 206.197 pagamentos com indícios de irregularidade no recebimento da primeira parcela do benefício e 37.374 pagamentos com os mesmos indícios de irregularidade na segunda parcela. A CGU disse que os cruzamentos feitos, relacionados ao mês de maio, indicam a existência de pagamentos a 
Integrantes do Bolsa Família começam a receber 3ª parcela de auxílio emergencial

Integrantes do Bolsa Família começam a receber 3ª parcela de auxílio emergencial

BRASIL, ECONOMIA
Calendário do programa segue até 30 de junho. Agência Brasil - A população inscrita no programa Bolsa Família começa a receber nesta quarta-feira (17) a terceira parcela do auxílio emergencial. Os repasses de R$ 600 a R$ 1.200 obedecem ao calendário habitual do programa, que segue até 30 de junho. Os primeiros a receber são os beneficiários com Número de Identificação Social (NIS) final 1. Em maio, 14,28 milhões de famílias receberam o benefício, no valor total de R$ 15,2 bilhões. O calendário de pagamento para os demais cidadãos com direito ao auxílio emergencial será divulgado em breve, segundo o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni. O auxílio emergencial prevê o pagamento de três parcelas de R$ 600 para trabalhadores informais, integrantes do Bolsa Família e pes
Sócios de empresas e doadores de campanha eleitoral podem ter recebido AUXILIO EMERGENCIAL

Sócios de empresas e doadores de campanha eleitoral podem ter recebido AUXILIO EMERGENCIAL

BRASIL, ECONOMIA
O governo federal, através do Ministério da Cidadania e Controladoria Geral da União -CGU, deve deve disponibilizar, nos próximos dias, a lista de beneficiários do programa de auxílio emergencial, que está sendo pago a mais de 53 milhões de pessoas. Conforme informou o ministro da Controladoria Geral da União (CGU), Wagner Rosário, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto. A Controladoria está também, em parceria com o Ministério da Cidadania, monitorando o pagamento irregular do benefício a pessoas que não teriam o direito, como, por exemplo, de cerca de 74 mil sócios em empresas. O pagamento para 86 mil pessoas físicas que doaram mais de R$ 10 mil nas últimas eleições. Os proprietários de veículos com valor superior a R$ 60 mil identificados nos cruzamentos feitos pelo gove
Auxílio Emergencial: Quem recebe os R$ 600 pode ter que devolver em 2021

Auxílio Emergencial: Quem recebe os R$ 600 pode ter que devolver em 2021

ECONOMIA
Uma alteração na lei que criou o auxílio emergencial de R$ 600 pode fazer com que o dinheiro seja apenas um empréstimo para os beneficiários que se recuperarem financeiramente ao longo do ano. Por conta de uma mudança feita pelo Senado e sancionada pelo presidente Bolsonaro (sem partido), quem receber ao longo de 2020 mais que o limite de isenção do Imposto de Renda (IR) terá que devolver integralmente em 2021 o auxílio que recebeu —inclusive o dos dependentes. As parcelas do auxílio não entram no cálculo da renda anual. Atualmente, não paga IR quem recebeu até R$ 28.559,70 no ano inteiro, com salários, aposentadorias ou aluguéis, por exemplo. Esse valor pode mudar para a declaração do ano que vem, mas ele não é atualizado desde 2015. Ideia era compensar outra alteração, mas
Caixa pagou R$ 65,5 bilhões em auxílio emergencial

Caixa pagou R$ 65,5 bilhões em auxílio emergencial

BRASIL, ECONOMIA
Ao todo, 55,9 milhões de brasileiros receberam benefício - Agência Brasil - A Caixa Econômica Federal pagou R$ 65,5 bilhões de auxílio emergencial, somadas as primeiras e segunda parcelas, informou nesta segunda-feira (25) o presidente do banco, Pedro Guimarães. No total, 55,9 milhões de pessoas receberam alguma parcela do benefício desde que o programa foi criado em abril, para ajudar as pessoas a enrentar os impactos da crise causada pela covid-19. Considerando apenas a segunda parcela, que começou a ser paga há uma semana, 37,5 milhões de brasileiros receberam R$ 26 bilhões. O auxílio emergencial é de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), por parcela.Do total pago até agora, R$ 24,3 bilhões foram para beneficiários do Bolsa Família, R$ 13,9 bilhões para aqueles inscritos
Auxílio emergencial é caro para se tornar permanente, diz Mansueto

Auxílio emergencial é caro para se tornar permanente, diz Mansueto

BRASIL, ECONOMIA
Para o secretário, é preciso aprimorar o programa Bolsa Família - Agência Brasil - O auxílio emergencial, embora necessário neste momento, é um programa muito caro, disse hoje (14) o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, em audiência pública virtual promovida pela Comissão Mista do Congresso destinada a acompanhar a situação fiscal e a execução orçamentária e financeira das medidas relacionadas ao novo coronavírus (covid-19). “O que a gente tem que tornar permanente são políticas voltadas para as pessoas de baixa renda, como o Bolsa Família. O Bolsa Família é um programa que tem mais de 15 anos e sempre foi bem avaliado, é um programa que custa R$ 30 bilhões por ano, é um programa muito barato”, disse, ao responder a um questionamento de parlamentar se o auxílio emer
Nova parcela do auxílio emergencial começa a ser paga na segunda

Nova parcela do auxílio emergencial começa a ser paga na segunda

BRASIL, ECONOMIA
Caixa vai abrir conta digital para todos os beneficiários do programa - Agência Brasil - A Caixa Econômica Federal começará a creditar a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 a partir da próxima segunda-feira (18), informou hoje (14) o presidente do banco estatal, Pedro Guimarães, durante a live semanal do presidente Jair Bolsonaro. O calendário de pagamento será detalhado em coletiva de imprensa amanhã (15), às 15 horas, no Palácio do Planalto.   "Nós começamos na segunda-feira. Amanhã, às 15h da tarde, eu e o ministro Onyx [Lorenzoni, da Cidadania] vamos dar todos os detalhes. Mas nós começamos na segunda e faremos toda a questão via mês de nascimento, exatamente para que nós tenhamos uma tranquilidade maior no pagamento. Amanhã a gente detalha"
Calendário da 2ª parcela do auxílio emergencial sai na próxima semana

Calendário da 2ª parcela do auxílio emergencial sai na próxima semana

BRASIL, ECONOMIA
Agência Brasil - O calendário para o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 sai na próxima semana. A informação foi dada hoje (1º) pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, durante videoconferência para apresentar balanço do pagamento da primeira parcela. A previsão inicial era de que a segunda leva de pagamentos começasse a ser paga na última segunda-feira (27) para os inscritos no Cadastro Único e os cadastrados por meio do aplicativo e do site do programa. Mas o Ministério da Cidadania soltou uma nota afirmando que a divulgação do calendário deve ocorrer agora em maio. Segundo Guimarães, o banco ainda está fechando o detalhamento dos pagamentos da primeira parcela e fechará o calendário após reunião com o ministro da Cidadania, Onyx Lo