domingo, julho 3A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

COVID-19

Brasil doa 86,7 milhões de dólares para contribuir com distribuição igualitária de vacinas Covid-19 no mundo

Brasil doa 86,7 milhões de dólares para contribuir com distribuição igualitária de vacinas Covid-19 no mundo

BRASIL, COVID-19, MUNDO, SAÚDE E BEM ESTAR
Doação do governo brasileiro foi divulgada nesta sexta-feira (8) pelo Ministério da Saúde - Para reforçar o compromisso do Brasil com o acesso igualitário as vacinas Covid-19 em todo mundo, o governo brasileiro doa USD 86,7 milhões para iniciativa Covax AMC. A doação foi divulgada nesta sexta-feira (8) pelo Ministério da Saúde. O anúncio foi feito durante a cúpula virtual para mobilização de recursos, chamada Break COVID Now. A Covax AMC apoia a particiação de 92 países de baixa e média renda no mecanismo Covax. A doação está amparada pela Medida Provisória nº 1.081 de 2021, que "autoriza o Poder Executivo federal a doar imunizantes contra a Covid-19 a outros países em caráter de cooperação humanitária internacional" e não impactará na manutenção da atual estratégia de imunização. ...
Queiroga diz que prioridade é ampliar vacinação contra covid-19

Queiroga diz que prioridade é ampliar vacinação contra covid-19

BRASIL, COVID-19
Em entrevista ao Sem Censura, ministro elencou preocupações do SUS - Agência Brasil - Brasília - O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse hoje (24) que a prioridade da pasta é ampliar a vacinação contra a covid-19 com a segunda dose e a dose de reforço diante do aumento de casos de contaminação pela variante Ômicron.  Queiroga participou do programa Sem Censura, exibido pela TV Brasil, e também falou sobre o novo programa lançado pelo ministério para ampliar o acesso de gestantes ao Sistema Único de Saúde (SUS).  Segundo o ministro, o país deve registrar aumento de casos nas próximas semanas e chegar ao pico de contaminações. Na avaliação de Queiroga, após esse período, poderá ser registrada uma queda rápida, conforme ocorreu em outros países.  ...
Governo de MT distribui 101 mil testes para detecção da Covid-19 aos 141 municípios

Governo de MT distribui 101 mil testes para detecção da Covid-19 aos 141 municípios

COVID-19, ESTADO
Cuiabá vai receber 15 mil testes; Várzea Grande 7.059 e Rondonópolis 5.788 - Durcy Arévalo - Novos testes rápidos começam a ser aplicados no Centro de Triagem Covid-19 - Foto por: Tchélo Figueiredo - SECOM/MTA | A O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), irá distribuir 101.985 testes de detecção da Covid-19 aos 141 municípios de Mato Grosso. A ação tem o objetivo de ajudar na identificação dos casos de coronavírus, para atender os municípios de forma complementar às atividades de detecção e monitoramento dos casos de Covid-19 no Estado. Serão encaminhados pela SES-MT aos municípios testes rápidos de Antígeno recebidos do Ministério da Saúde. O encaminhamento do exame inicia na tarde desta quinta-feira (20.01) na Superintendência de...
Ministério prorroga por 30 dias custeio de leitos de UTI para covid-19

Ministério prorroga por 30 dias custeio de leitos de UTI para covid-19

BRASIL, COVID-19
Medida abrange um total de 14.254 leitos em estados e municípios - Agência Brasil - Brasília - O Ministério da Saúde informou que vai prorrogar por mais 30 dias a ajuda de custos para a manutenção de leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) dada a estados e municípios. Em nota, a pasta informa que a prorrogação abrange o custeio para 14.254 mil leitos de UTI covid-19 adulto e pediátrico. A prorrogação das UTIs é uma demanda do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).  O país vem registrando aumento de pessoas contaminadas pela covid-19, em especial pelo crescimento do número de doentes infectados pela variante Ômicron. De acordo com o último balanço do Ministério da Saúde, divulg...
Vacinas agem contra covid grave, mesmo com nova variante

Vacinas agem contra covid grave, mesmo com nova variante

COVID-19, MUNDO
Estudo sobre Ômicron é de cientistas sul-africanos - RTP - Agência Brasil - Cientistas sul-africanos concluíram que as vacinas existentes contra a covid-19 evitam a doença grave com a variante Ômicron do SARS-CoV-2. Avanços preliminares de um estudo indicam que o teste de PCR permite perceber se o contágio é com a nova mutação, sem ter que segmentar o genoma. A Rede de Vigilância do Genoma da África do Sul (NGS-SA) apresentou os estudos sobre a Ômicron à Comissão de Saúde do Parlamento. Apesar de ainda necessitarem de tempo para ajustar os dados, sobre o que já consideram o início da quarta onda da pandemia, garantem que estão concentrados na transmissibilidade e no efeito da imunidade que as vacinas proporcionam. “A genética da Ômicron é completamente diferente ...
Ômicron: Botsuana diz que maioria dos casos no país é assintomática

Ômicron: Botsuana diz que maioria dos casos no país é assintomática

COVID-19
Governo analisa mutações da covid-19 encontradas em estrangeiros - Reuters - Agência Brasil - Uma autoridade sênior de saúde de Botsuana disse que 16 de um total de 19 casos da variante Ômicron do coronavírus detectados no país foram assintomáticos, e afirmou ser "injusto" tratar o país como marco zero da nova variante. Pamela Smith-Lawrence, diretora de saúde em exercício do Ministério da Saúde e Bem-Estar de Botsuana, disse à agência de notícias Reuters, em entrevista, que 19 pessoas infectadas com a nova variante em sua maioria testaram negativo para a covid-19 - ou seja, estão recuperadas. Enquanto 16 pessoas foram assintomáticas, as três restantes apresentaram sintomas "muito, muito leves". Botsuana anunciou na sexta-feira (26) que o país estava investigando certas mu...
Covid-19: vacina será obrigatória na Alemanha e restrições crescem

Covid-19: vacina será obrigatória na Alemanha e restrições crescem

COVID-19, MUNDO
Hoje, o país registrou mais 73 mil novas infecções e 388 mortes - RTP - Agência Brasil - A vacinação contra a covid-19 na Alemanha poderá ser obrigatória a partir do próximo ano, anunciou hoje (2)  a chanceler Angela Merkel. Em paralelo, serão também impostas medidas mais restritivas para a população que ainda não se vacinou. Ela ficará impedida de ter acesso a grande parte de serviços de cultura e lazer. A decisão foi anunciada durante uma conferência que reuniu a atual chanceler e o sucessor, Olaf Scholz, que deverá ser eleito no Bundestag [parlamento] na próxima semana. Merkel e Scholz concordaram na elaboração de um projeto de lei para tornar a vacinação obrigatória. O documento será submetido ao parlamento para entrar em vigor entre fevereiro e março. Os dois líde...
EUA e Alemanha querem novas restrições; Ômicron preocupa investidores

EUA e Alemanha querem novas restrições; Ômicron preocupa investidores

COVID-19, MUNDO
Países temem que variante ameace tentativa de recuperação econômica - Reuters - Agência Brasil - Os Estados Unidos (EUA) e a Alemanha se juntaram a países ao redor do mundo que planejam adotar restrições mais rígidas contra a covid-19 nesta quinta-feira (2), conforme a nova variante Ômicron do coronavírus sacode os mercados, temerosos de que a cepa possa ameaçar a tentativa de recuperação econômica. Ainda não se sabe muito sobre a Ômicron, que foi detectada pela primeira vez na África do Sul no dia 8 de novembro e já se disseminou em ao menos duas dúzias de países. Partes da Europa estão sofrendo com uma disparada de infecções da mais conhecida variante Delta à medida que o inverno se instaura. A Ômicron também pode se tornar a variante predominante da covid-19 na França até o...
Anticorpos de infecção anterior não impedem doença por Ômicron

Anticorpos de infecção anterior não impedem doença por Ômicron

COVID-19, MUNDO
Afirmação é de pesquisadora de Instituto de Doenças da África do Sul - RTP - Agência Brasil - Os anticorpos resultantes de uma primeira infecção de covid-19 não impedem uma pessoa de contrair novamente a doença com a variante Ômicron, afirmou hoje (2) a pesquisadora Anne von Gottber, na entrevista coletiva virtual semanal do escritório da Organização Mundial da Saúde (OMS) na África. "Acreditamos que a infecção anterior não protege contra a Ômicron", disse Anne, especialista em doenças infecciosas do Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis da África do Sul. Há ainda muitas incógnitas sobre essa nova forma do coronavírus, anunciada na semana passada, que tem 32 mutações, incluindo o seu potencial de propagação e a sua resistência às vacinas. A investigação está apenas ...
GSK: teste mostra que coquetel de anticorpos funciona contra Ômicron

GSK: teste mostra que coquetel de anticorpos funciona contra Ômicron

COVID-19
Farmacêutica britânica divulgou comunicado nesta quinta-feira - Reuters - Agência Brasil - Análises de laboratório da terapia de anticorpos contra covid-19 que a GlaxoSmithKline (GSK) está desenvolvendo em parceria com a norte-americana Vir indicam que o remédio é eficaz contra a nova variante Ômicron do coronavírus, anunciou a farmacêutica britânica nesta quinta-feira (2). Em comunicado, a GSK disse que testes laboratoriais e um estudo com hamsters demonstraram que o coquetel de anticorpos sotrovimab funciona contra vírus que foram criados com bioengenharia para transportar várias mutações características da Ômicron. Os testes continuam para confirmar os resultados contra todas as mutações da Ômicron e uma atualização é esperada até o final do ano, acrescentou...
WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação