domingo, junho 23A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Posto eleitoral na ALMT adota horário estendido de funcionamento e encerra atendimento amanhã (08/05)

Please enter banners and links.

Os atendimentos agora são realizados das 8h às 17h, por ordem de chegada. A data limite para a regularização do título de eleitor encerra no dia 8 de maio.

Lais Costa Marques –

Com o aumento da demanda e a proximidade do prazo final para regularização junto à Justiça Eleitoral, o posto de atendimento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MT), em funcionamento na sede da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), passa, a partir desta semana, a adotar horário estendido de funcionamento. Desde essa segunda-feira, os atendimentos são realizados das 8h às 17h, por ordem de chegada. A data limite para a regularização do título de eleitor encerra no dia 8 de maio.

“A procura pelos postos do TRE aumentaram significativamente e o objetivo é ampliar o atendimento para que o cidadão regularize todas as pendências que existam junto à Justiça Eleitoral”, explicou o coordenador no posto do TRE na ALMT, Thiago Silverio. De acordo com o coordenador, aproximadamente 150 pessoas estão sendo atendidas diariamente no posto instalado na ALMT, e a expectativa é dobrar esse número nos próximos dias.

No próximo sábado, dia 4, o TRE também vai realizar plantão de atendimento na Casa da Democracia para aqueles que não têm disponibilidade durante a semana. A unidade ficará aberta ao público das 8h Às 18h.

No atendimento, o eleitor deve apresentar um documento oficial de identidade (RG, CNH, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional, entre outros definidos em lei) e um comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, entre outros definidos pelo juiz eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos que irão requerer a primeira via do título (alistamento), é necessário também apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar.

Números do TRE – De acordo com os dados do TRE-MT, o objetivo é regularizar os 201 mil títulos que constavam como cancelados até o início de abril, a sua maioria por ausência às urnas, ou sem coleta de dados biométricos. Os jovens também estão sendo chamados a fazerem o seu primeiro título eleitoral. Apenas 10% dos eleitores com 16 anos fizeram o documento, cerca de 30% com 17 anos, e mesmo entre os jovens de 18 a 21 anos, quando o voto já é obrigatório, apenas 70% fizeram o alistamento eleitoral.  

Ao todo, no estado, 2,506 milhões de eleitores estão aptos a votar, sendo que desses, 2,078 milhões já têm biometria. Cerca de 18% ainda faltam regularizar a situação eleitoral. Somente em Cuiabá são 50 mil títulos cancelados, enquanto em Várzea Grande 25 mil eleitores se enquadram nessa situação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação
%d blogueiros gostam disto: