sábado, agosto 13A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Gaúcha do Norte: Avanços são registrados na educação municipal indígena

Please enter banners and links.

Assessoria da Prefeitura –

Os avanços na educação municipal indígena são notórios no município de Gaúcha do Norte. Ainda em 2021, as unidades de ensino receberam carteiras novas, e para 2022, assim como nas escolas da cidade e da zona rural, entrega de uniformes e mochilas escolares.

Entre os avanços na educação indígena também está a implantação do sistema educacional Omega, formação continuada com os professores e avaliação diagnóstica com os alunos para verificar o desenvolvimento, ações iniciadas em 2021.

O conjunto de ações voltadas para a educação indígena vem com o objetivo de levar qualidade de ensino, valorização e aperfeiçoamento aos povos indígenas.

“Estamos 100% felizes com os uniformes e com as carteiras, tudo isso vem para incentivar nossos alunos a estudar e incentivar nós professores também a dar aula. Tinha carteiras velhas e poucas, muito alunos precisavam sentar no chão para estudar e agora temos carteiras novas. Os uniformes também ajudam muito, ainda mais no inverno que costuma fazer frio nas aldeias e falta roupas para nossos alunos. Estamos felizes por receber esse material”, disse Uitsapa Karaworo Tarukare Waura, professor da Escola Municipal Indígena Ulupuwene.

Todas as escolas e salas anexas receberam os materiais, cada aluno recebeu o kit de uniforme e mochila formado por duas mudas de roupa, sendo uma camiseta, uma regata, uma calça, um short e um casaquinho, uma mochila e um estojo.

“Isso é muito bom, vai ajudar muito nossos alunos”, afirmou Aturi Aweti, professor da Escola Municipal Indígena Mirassol.

Para a diretora das escolas indígenas municipais, Cátia Leticia Trevisan, os investimentos são de suma importância. “Esses avanços vêm aliados a melhoria na qualidade do aprendizado dos alunos. Há muito ainda a se fazer dentro das escolas indígenas, mas estamos avançando”, disse.

Entrega regular de merenda escolar e suporte diário aos educadores indígenas também estão entre as ações desenvolvidas.

Em Gaúcha do Norte, a educação municipal indígena atende 200 alunos que estão distribuídos nas quatro escolas: Escola Municipal Indígena EMKIA (localizada na aldeia Utawana); Escola Municipal Indígena Mirassol; Escola Municipal Indígena Mehinako Madrim; Escola Municipal Indígena Ulupuwene; assim como nas três salas anexas localizadas nas aldeias Barranco Queimado, Kuikuro e Waurá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação