sábado, novembro 27A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Investigadores criam moléculas capazes de neutralizar coronavírus

Please enter banners and links.

 Notícias ao Minuto –

Peptídeos ligam-se ao recetor ACE2 antes da proteína espícula (também conhecida como proteína ‘spike’), usada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 para infetar o hospedeiro

Peptídeos ligam-se ao recetor ACE2 antes da proteína espícula (também conhecida como proteína 'spike'), usada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 para infetar o hospedeiro.©

Investigadores da Universidade de Toronto, no Canadá, desenvolveram réplicas de peptídeos, denominadas peptidomiméticos, que neutralizaram o coronavírus e detetaram a presença da infeção em culturas de células humanas, reporta um artigo publicado pela revista Galileu. 

Os peptidomiméticos identificados que integram o grupo dos D-peptídeos, foram criados  com o intuito de simularem a proteína espícula, utilizada pelo SARS-CoV-2 para se fixar no recetor ACE2 – uma substância que vive na superfície de várias células do corpo humano.

No decorrer do estudo, as moléculas desenvolvidas pelos cientistas conseguiram ligar-se a esse recetor antes mesmo do próprio coronavírus, impedindo, assim, a instalação da infeção.

De acordo com a pesquisa, explica a Galileu, os D-peptídeos neutralizaram igualmente com uma potência similar a infeção pelas variantes Alpha, Beta e Gama.

Os resultados desta experiência laboratorial foram divulgados no Journal of Medicinal Chemistry

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação