quarta-feira, outubro 20A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Japão e 13 países insulares do Pacífico reforçam cooperação na defesa

Please enter banners and links.

Agência Lusa –

O Japão realizou hoje uma reunião ministerial por videoconferência com 13 outros países insulares do Pacífico, na qual se discutiram formas de fortalecer a cooperação na defesa marítima face à ascensão da China na região –

O Japão realizou hoje uma reunião ministerial por videoconferência com 13 outros países insulares do Pacífico, na qual se discutiram formas de fortalecer a cooperação na defesa marítima face à ascensão da China na região.© iStock 

O Japão realizou hoje uma reunião ministerial por videoconferência com 13 outros países insulares do Pacífico, na qual se discutiram formas de fortalecer a cooperação na defesa marítima face à ascensão da China na região.

O encontro, o primeiro do género realizado pelo Japão, visa desenvolver “um Indo-Pacífico livre e aberto”, uma estratégia promovida por Tóquio e Washington para contrabalançar a crescente influência geopolítica de Pequim na zona e as suas operações militares.

Os participantes concordaram na “necessidade de entendimento e confiança mútua” para “enfrentar os desafios conjuntos” na região, indica um comunicado conjunto divulgado pelo Governo nipónico, citado pela agência noticiosa espanhola EFE.

O ministro da Defesa japonês, Nobuo Kishi, assinalou na sua intervenção que o “autoritarismo” é um dos desafios que estes países enfrentam, embora sem fazer qualquer referência direta à China.

A reunião de hoje segue-se a encontros realizados em julho entre líderes destes países no âmbito da mesma iniciativa.

A cooperação para mitigar a crise climática, que tem especial impacto nos países insulares do Pacífico, e a resposta aos desastres naturais foram outros dos assuntos abordados nas reuniões.

Os 13 países referidos são as Ilhas Cook, Fiji, Kiribati, Marshall, Micronésia, Nauru, Niuê, Palau, Papua Nova Guiné, Salomão, Tonga, Tuvalu e Vanuatu.

Na reunião virtual participaram igualmente representantes dos Estados Unidos, Reino Unido, França, Austrália, Canadá e Nova Zelândia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação