segunda-feira, outubro 18A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Moderna com maior risco de miocardite em jovens adultos? EUA analisam

Please enter banners and links.

 Notícias ao Minuto –

As autoridades de saúde estão a estudar casos que apontam para maior risco de miocardite em jovens adultos, especialmente em homens com menos de 30 anos

As autoridades de saúde estão a estudar casos que apontam para maior risco de miocardite em jovens adultos, especialmente em homens com menos de 30 anos.© REUTERS/Kai Pfaffenbach As autoridades de saúde estão a estudar casos que apontam para maior risco de miocardite em jovens adultos, especialmente em homens com menos de 30 anos

As autoridades de saúde americanas estão investigando casos que apontam que a vacina Covid-19 da Moderna pode estar associada a um maior risco de jovens adultos desenvolverem uma rara doença cardíaca. 

Num relatório a que o Washington Post teve acesso, citado pela Reuters, uma fonte defende que é muito cedo para os reguladores chegarem a uma conclusão sobre o tema e é necessário trabalho adicional antes de ser feita qualquer recomendação em relação ao imunizante. 

Lembra a Reuters, que, em junho, foi acrescentado ao folheto informativo das vacinas mRNA da Moderna e da Pfizer uma advertência para um efeito secundário raro de inflamação cardíaca em homens mais jovens. Porém, os reguladores defendem que os benefícios associados às vacinas continuam a superar os riscos.

Equaciona-se que possa estar em causa um risco 2,5 vezes maior de desenvolvimento de miocardite – inflamação cardíaca – nas pessoas vacinadas com o imunizante da Moderna quando comparadas com as que são inoculadas com a Pfizer.

A investigação na qual se baseia o artigo do Washington Post refere-se a dados recolhidos no Canadá e sugere que o risco de miocardite é especialmente elevado em homens com menos de 30 anos. 

A Reuters tentou contactar a Moderna e a agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos (FDA – Food and Drug Administration), mas não obteve resposta até à data. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação