segunda-feira, outubro 18A NOTÍCIA QUE INTERESSA
Shadow

Milhares em fuga do Afeganistão: quantos são e quem os traz

Please enter banners and links.

TVI24 –

 Milhares em fuga do Afeganistão: quantos são e quem os traz© TVI24 Milhares em fuga do Afeganistão: quantos são e quem os traz

Continua “a todo vapor” a operação de retirada de afegãos e estrangeiros, que se encontravam no Afeganistão, que se precipitou desde domingo, quando as forças talibãs tomaram o poder em Cabul, instaurando o Emirado Islâmico. 

avanço das forças talibãs intensificou-se desde maio, quando começou a retirada das forças dos Estados Unidos. A retirada dos militares norte-americanos foi negociada em fevereiro de 2020, mas vários países europeus começam agora a receber os primeiros aviões.

Alemanha recebe o primeiro avião

O primeiro voo de evacuação da Lufthansa aterrou em Frankfurt, esta quarta-feira, com 130 pessoas a bordo. O avião da companhia aérea alemã viajou de Tachkent, capital do Uzebequistão, onde um avião militar alemão tinha deixado os civis.

São esperados outros voos semelhantes vindos de Tachkent, Doha e outros países vizinhos, nos próximos dias.

A missão do Exército alemão é clara, retirar o maior número de pessoas enquanto seja possível”, disse na terça-feira a ministra alemã da Defesa, Annegret Kramp-Karrenbaeur.

França já evacuou embaixada francesa

Durante a noite, a França retirou de Cabul 216 pessoas, entre as quais 184 afegãos, membros “da sociedade civil que precisavam de proteção”, indica um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros francês.

A ligação aérea realizou-se entre Abou Dabi e a capital do Afeganistão.

A operação permitiu retirar igualmente 25 cidadãos franceses “e os afegãos que se encontravam na cave da embaixada de França em Cabul”, especificou o ministro dos Negócios Estrangeiros, Jean-Yves Le Drian.

Itália prevê retirar mais 150 cidadãos

A Itália retirou 85 pessoas, sobretudo colaboradores afegãos e familiares e que chegam esta quarta-feira a Roma. Os 85 passageiros embarcaram no aeroporto de Cabul num aparelho que tinha descolado do Kuwait.

Os refugiados vão ser depois transportados de Cabul para o Kuwait e depois para Roma. O governo italiano prevê realizar mais dois voos ainda esta quarta-feira para retirar 150 pessoas.

Reino Unido fala em “operação a todo o vapor”

O Reino Unido já retirou cerca de 300 cidadãos do Afeganistão, no entanto, esse número deve ascender aos sete mil cidadãos, entre britânicos e afegãos elegíveis para sair do país, afirmou o coordenador da evacuação, o vice-almirante Sir Ben Key.

Priti Patel, secretária de Estado dos Assuntos Internos, revelou que desde 22 de junho já foram repatriados mais de dois mil afegãos que colaboraram com o exército britânico.

Esta terça-feira, o primeiro-ministro, Boris Johnson, falou com presidente norte-americano para que os dois países trabalhem “em proximidade” para retirar as pessoas de Cabul.

EUA já retiraram 3.200 pessoas

Os Estados Unidos já retiraram 3.200 pessoas do Afeganistão, incluindo pessoal diplomático norte-americano no país, disse na terça-feira um alto funcionário da Casa Branca.

Os Estados Unidos retomaram na segunda-feira os voos militares no aeroporto de Cabul, que tinham sido interrompidos devido ao caos provocado pela concentração de centenas de afegãos na pista, tentando desesperadamente abandonar o país, após a tomada da capital pelos talibãs.

Só na terça-feira, foram repatriados 1.100 cidadãos norte-americanos e residentes permanentes, bem como as suas famílias, a bordo de 13 aviões militares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar um WhatsApp para a redação