FAO: Apoio à agricultura familiar é fundamental para combater a fome

DATAGRO –

Apoiar a agricultura familiar é fundamental no sucesso do combate à fome. Foi o que destacou o diretor-geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o brasileiro José Graziano da Silva. Para ele, a luta contra a fome alcançou um “ponto de inflexão” e por isso a importância de se apoiar os pequenos produtores.

 

FAO pede maior apoio aos agricultores familiares no combate à fome (Foto: Fernando Dias)

“A principal causa da fome hoje não é a falta de alimentos, mas sim a falta de acesso a eles”, disse em discurso diante do Grupo Parlamentar Interpartidário sobre Agricultura e Alimentação para o Desenvolvimento.

É um paradoxo o fato de os agricultores familiares — que produzem a maior parte dos alimentos no mundo — serem os mais ameaçados pela insegurança alimentar, disse Graziano.

Por isso, ele pediu uma maior conscientização e apoio frente à piora da situação dessas pessoas, muitas das quais vivem em regiões rurais de países em desenvolvimento e “apenas conseguem sobreviver” diante das consequências da mudança climática e, cada vez mais frequentemente, de conflitos civis.

Ele completou ser essencial investir para ajudá-los a melhorar sua própria produtividade e o uso dos recursos naturais, e disse que muitos lares nos países em desenvolvimento não podem investir para aumentar sua resiliência, como seria a introdução de sistemas de irrigação por gotejamento, que economizam água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *